Dia Internacional de Luta contra a Aids: Hospital São José realiza XII Jornada Científica

1 de dezembro de 2016

Prossegue até o sábado, (3), a XII Jornada Científica do Hospital São José, da rede pública do Governo do Ceará, que acontece simultaneamente ao IV Congresso Cearense de Infectologia, aberto quinta-feira (1º), na Unichristus. A abertura do evento coincide com o Dia Internacional de Luta contra a Aids. As temáticas abordadas no programa focam nas doenças mais prevalentes, como HIV/Aids, hepatites virais, antimicrobianos, doenças tropicais e imunizações. Arboviroses atualmente em evidência, como a febre chikungunya, infecção pelo Zika vírus e dengue, têm destaque na programação.

“É um momento de reciclagem, em que os infectologistas se atualizam e dividem conhecimento, inclusive com profissionais que vêm de fora. Foram abordados temas como o de bactérias multiresistentes e novos diagnósticos, por exemplo”, explicou a diretora do Hospital São José e médica infectologista Tânia Coelho.

Referência em doenças infecciosas

Com emergência e laboratório ampliados e reformados e ainda com novo serviço de tomografia computadorizada, o Hospital São José completou em março 46 anos de assistência à saúde da população. O HSJ, da rede pública do Governo do Ceará, é referência no tratamento de pacientes com doenças infecciosas. Entre elas, Aids, dengue, raiva humana, tétano, difteria, coqueluche, febre tifoide, meningite, tuberculose, hepatites virais.

Só na emergência são atendidos, por mês, cinco mil pacientes. Mais de cinco mil pacientes são acompanhados por mês no ambulatório do Hospital São José com atendimento previamente agendado, distribuição de medicamentos e realização de exames. O hospital tem 120 leitos de enfermaria nas cinco unidades de internamento. Há uma unidade de internamento exclusivamente para crianças.

O Hospital São José se destaca também como unidade de ensino e pesquisa, formando médicos infectologistas de várias instituições de ensino da medicina do Ceará, de outros estados brasileiros e até de outros países. Além de médicos, há mais de dois anos o HSJ recebe profissionais para residências em diversas áreas, como fisioterapia, nutrição, farmácia, psicologia, enfermagem e serviço social. São profissionais da Residência Integrada de Saúde (RIS), um projeto da Secretaria da Saúde do Estado que garante ampliação da educação permanente multiprofissional.

No HSJ está entre os mais modernos Centros de Estudos do Norte e Nordeste, reconhecido pelo Ministério da Educação. Nos últimos três anos a unidade começou a fazer parte da Rede Rute, a Rede Universitária de Telemedicina, uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia que garante mais aperfeiçoamento aos serviços médicos e a troca de experiências com hospitais de várias regiões do Brasil e do exterior.

Teste rápido

Nesta quinta e sexta-feira, 1º e 2 de dezembro, a Secretaria da Saúde do Estado promove a mobilização “Fique Sabendo”, das 8 às 13 horas, na Praça da Lagoinha, Centro de Fortaleza, para a realização do teste rápido para HIV. No primeiro dia, foram realizados 120 testes feitos através do fluido oral. O teste rápido, de triagem, é disponibilizado pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde. Esse exame detecta anticorpos contra o HIV no fluido oral da pessoa e fornece o resultado que pode ser analisado a olho nu, em até 30 minutos. Ele pode ser executado em qualquer local. Nos casos de resultados reagentes, os profissionais responsáveis pela entrega do exame farão o segundo teste confirmatório e encaminharão a pessoa ao serviço especializado.

01.12.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara