Semana de Direitos Humanos termina sábado (10) com exibição de documentários

9 de dezembro de 2016

Depois de intensas e proveitosas discussões em dois dias de palestras e painéis no Auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, encerra-se neste sábado (10) a I Semana Estadual de Direitos Humanos. A programação começa às 18h, com a exibição da coleção de documentários do Projeto Memória e Verdade, no Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco. Depois, às 20h, no Anfiteatro, será realizado o espetáculo cênico-musical “Direitos Humanos: o Banquete Continua…”. Toda a programação é gratuita.

 

A Coleção de documentários Memória e Verdade, uma parceria do Gabinete do Governador, Casa Civil e TV Ceará, foi idealizada como ferramenta pedagógica das Oficinas Memória e Verdade, para o uso de professores/as e alunos/as, nas salas de aulas das escolas públicas do ensino médio e profissionalizante do Estado do Ceará. Esses documentários foram exibidos em agosto de 2016, durante a ação temática “Agosto da Memória e Verdade”.

 

O projeto foi idealizado para revelar um passado recente da história do Brasil com destaque ao Ceará e, para dialogar com o presente, quando os índices de práticas de torturas no Brasil, superam as cometidas no período da ditadura civil militar de 1964-1985. Os ex-presos/as políticos/as, Valter Pinheiro, Maria do Carmo Serra Azul, Beliza Guedes e Ruth Cavalcante, protagonistas dos documentários estarão presentes para debate no final da exibição.

 

Espetáculo

 

A programação da I Semana Estadual de Direitos Humanos encerra com o show “Direitos Humanos: O Banquete Continua…”, espetáculo cênico-musical que faz referência ao clássico disco “O Banquete dos Mendigos”, gravado ao vivo no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, há 43 anos, em comemoração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, com a participação de diversos artistas da música brasileira. O álbum, inicialmente duplo, ganhou uma remasterização, com o acréscimo de músicas que não haviam entrado na primeira edição, tornando-o um álbum triplo.

 

Com esse material em mãos e com um sentimento de reafirmação da Carta Magna, que garante uma série de direitos básicos a todos os seres humanos, é construída uma releitura do disco/show, que conta com a participação de alguns músicos cearenses que possuem um histórico de luta e militância na defesa dos direitos humanos. Sob a direção geral de Gustavo Portela, os músicos Aldenor Paiva, Bruno Rafael, Rami Freitas, Samuel Furtado e Watson Nascimento recriam a atmosfera política-poética vivida em 1974, mas agora com as participações especiais de Ângela Linhares, Calé Alencar, Marta Aurélia, Mulher Barbada e Roberta Kaya. O espetáculo contará também com as intervenções cênicas da atriz e diretora Graça Freitas e com a poesia visual do cineasta Felipe Camilo.

 

Comitê estadual

 

Promovida pelo Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Direitos Humanos do Gabinete do Governador, a Secretaria da Justiça e Cidadania, a TV Ceará e o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a I Semana Estadual de Direitos Humanos teve início no dia 8 de dezembro, com o I Encontro Estadual de Educação em Direitos Humanos, no Auditório do Dragão do Mar. Foram seis painéis e palestras realizadas ao longo desta quinta (8) e sexta-feira (9), além de uma plenária para a composição do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos.

 

O Comitê de Educação em Direitos Humanos do Estado do Ceará será um órgão central e autônomo na formulação de políticas públicas para a promoção e difusão dos direitos humanos no Ceará. Será um espaço de ampla participação e controle social das ações e políticas de educação em Direitos Humanos, principalmente, na elaboração e revisão periódica dos planos estaduais de Educação em Direitos Humanos e construção de instrumentos de monitoramento.

 

Esse espaço de articulação permanente desenvolverá, em 2017, a elaboração do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos que terá como base o Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNDH3) com um diferencial: abordará o eixo memória e verdade que o Plano Nacional não possui.

 

Programação de encerramento

 

10 de dezembro – Sábado

 

18:00 – Exibição da Coleção de documentários Memória e Verdade do Projeto “Memória e Verdade”, seguido de conversa com os protagonistas, na sala 01, do Cinema do Dragão – Fundação Joaquim Nabuco.
20:00 – Show “ Direitos Humanos: o Banquete Continua”, no Anfiteatro do Dragão do Mar.

 

SERVIÇO
Encerramento da I Semana Estadual de Direitos Humanos
Quando: dia 10 de dezembro de 2016 (sábado)
Hora: a partir das 18h
Onde: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
Gratuito

 

09.12.2016

 

Mais informações à imprensa
Ana Carolina – assessoria de comunicação da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas dos Direitos Humanos: (85) 3133.3717 / 3718 / 99708.4004

Luciana Vasconcelos e Luar Maria Brandão – assessoria de comunicação do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura: (85) 3488.8625/ 98733.8829/ 989708081

 

Expediente imprensa 05dez 2016-01