Banco de leite do HGCC atende 24 horas e recebe doação

16 de dezembro de 2016

O banco de leite humano do Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Estado, já realizou, de janeiro a novembro deste ano, 2.951 atendimentos às mães internadas, externas, inclusive de outras maternidades, no próprio banco, e por telefone, por meio do número gratuito 0800 286 5678. O total de atendimentos de 2016 supera o de 2015 que, no mesmo período, fez 2.869 atendimentos. Além dos atendimentos às mães com dificuldades na amamentação, o banco é responsável pela captação, pasteurização e distribuição de leite para os recém-nascidos internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.

Para o sucesso desse trabalho, a doação de leite é essencial. É um procedimento simples que pode ser feito por todas as mães que estiverem amamentando e têm excesso de leite. Basta ligar para o banco de leite do HGCC e fazer a doação. O hospital vai buscar o leite na casa da doadora, em um horário e dia previamente agendados. As mães que estão passando pelo Centro da cidade ou que trabalham na região podem se dirigir ao Hospital César Cals para fazer a doação e receber atendimento. É uma maneira de esvaziar temporariamente a mama e evitar o ingurgitamento mamário – chamado popularmente de leite empedrado -, o que vai permitir conforto para mãe e estimular a continuidade da produção do alimento.

Solidariedade

Assim que voltou a trabalhar, logo depois da licença-maternidade, Janielly Xavier do Nascimento Correia continuou a fazer a doação. Logo após a alta, quando deu à luz ao primeiro filho, em 13 de setembro deste ano, ela percebeu que tinha excesso de leite e já começou a doar. “Quando eu estava em casa, já fazia a doação. Ligava e o hospital mandava buscar. Depois que voltei a trabalhar, faço a ordenha três vezes durante o dia, no banco de leite”, diz.

No banco de leite do César Cals, as lactantes contam com suporte e orientação de profissionais. Além de ajudar a alimentar outros bebês, Janielly leva uma parte para casa e o pequeno Amilcar do Nascimento, de três meses, continua a ser nutrido pela própria mãe. Assim como ela, outras mães que amamentam podem fazer a ordenha utilizando a Sala da Mulher Trabalhadora que Amamenta (SAMTA) do HGCC. O leite materno obtido pode ser doado ou levado para casa. Outra opção é realizar a ordenha em casa, guardar o leite no congelador ou freezer, por até 10 dias, e ligar para o hospital para solicitar a visita para buscar a doação.

Atendimento 24 horas

Com a chegada do mês de dezembro, período das festas de Natal e Réveillon e de férias escolares, muitas mães esquecem-se de doar e, com isso, o estoque de leite chega a diminuir. Por isso, o Hospital Geral César Cals convida mães que estão amamentando e têm excesso de leite para fazer a doação. Uma equipe especializada está pronta para fazer o atendimento tanto por telefone quanto no próprio hospital, todos os dias da semana, 24 horas por dia, inclusive nos feriados.

A doação de leite é um ato de amor e ajuda a salvar vidas. Com o leite materno, o tempo de internação na UTI Neonatal pode ser reduzido pela metade. “Eu sinto prazer em doar. Eu me sinto privilegiada por ter muito leite. Então eu fico feliz em poder ajudar”, orgulha-se Janielly.

16.12.2016

Assessoria de Comunicação do HGCC
Wescley Jorge
ascom@hgcc.ce.gov.br / 85 3101.5323
Facebook.com/HospitalGeralCesarCals
Twitter: @Hosp_CesarCals

Expediente imprensa 05dez 2016-01