Centro de Referência sobre Drogas completa dois anos de atividades

19 de dezembro de 2016

Equipamento integra a estrutura da SPD

 

O Centro de Referência sobre Drogas (CRD) da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) completou dois anos de pleno funcionamento no domingo (18). No equipamento, dependentes químicos e seus familiares são acolhidos e orientados sobre prevenção, tratamento e reinserção social e profissional. O atendimento é totalmente gratuito, não sendo necessário agendamento.

O CRD funciona no andar térreo da sede da SPD e tem correspondido à procura crescente pelos serviços por pessoas com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas. Hoje, são realizados cerca de 450 atendimentos presenciais/mês.

O primeiro procedimento é a identificação biométrica do usuário. Em seguida, este é encaminhado para atendimento especializado por parte de um psicólogo ou enfermeiro. A partir da identificação do perfil do usuário pelo profissional, é feito o encaminhamento para um dos equipamentos que integram a Rede de Atenção Psicossocial (Raps), a Rede Sistema Único de Assistência Social (Suas) ou a rede de apoio. O usuário também pode ser encaminhado para acolhimento em uma das comunidades terapêuticas (CTs), que atuam na forma de prestação de serviços e compõem o Sistema Acolhe Ceará.

O aposentado Luís Ramos foi ao CRD para buscar ajuda para o filho, que é dependente químico. Ele garante ter sido bem atendido e recebeu as orientações necessárias para o início do tratamento do jovem. “Tomei conhecimento há poucos dias da existência da Secretaria e do CRD. Busquei o serviço e estou muito satisfeito. Agora, meu filho terá o apoio necessário para se recuperar”, avaliou.

O comerciante João Batista levou o filho João Paulo ao CRD para obter informações sobre o tratamento da dependência química. “Gostei do atendimento. Esse serviço é de grande valia para os jovens e famílias que sofrem com a problemática causada pelas drogas”, disse, lembrando a importância do Estado manter e ampliar a assistência nessa área, pois têm aumentado consideravelmente os grupos vulneráveis ao uso de drogas.

O menor A. P. L, de 16 anos, é dependente de crack, foi abandonado pela família e vive nas ruas de Fortaleza. Em contato com profissionais do Projeto Corre Pra Vida da SPD, o adolescente soube da existência do CRD. Ansioso por mudar de vida, buscou a ajuda especializada para livrar-se da dependência. Agora, vai iniciar o tratamento indicado, gratuitamente, e sonha com um futuro melhor.

Além do atendimento presencial no CRD, o público também pode obter informações/orientações profissionais através do telefone 0800.2751475. Outra opção disponibilizada ao público é o atendimento através de uma unidade móvel, que leva os serviços do CRD para as diversas localidades cearenses. O veículo Sprinter foi projetado para oferecer um espaço adequado para o trabalho de orientação e encaminhamento de pessoas que estejam passando por sofrimento devido ao uso de drogas e/ou por ter um caso na família ou conhecido que precise de cuidados especiais.

As atividades dos profissionais do CRD em cada território incluem, ainda, o repasse de informações sobre prevenção às drogas para a comunidade em geral, através de palestras e rodas de conversa. De janeiro a novembro de 2016, mais de 19 municípios cearenses foram beneficiados uma ou mais vezes com a presença da unidade móvel da SPD. As visitas estão inseridas no plano de ações do governador Camilo Santana, que determina a interiorização das políticas sobre drogas.

Serviço:

Centro de Referência sobre Drogas (CRD) da SPD
Local: Rua Oto de Alencar, 193, bairro Jacarecanga (defronte à praça do Colégio Liceu do Ceará)
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas
Teleatendimento: 0800.2751475

19.12.2016

Fernando Brito
Repórter / SPD

Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas – SPD
Daniela Negreiros – (85) 3238.5090 / 98902.7939
comunicacao@spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara

Expediente imprensa 05dez 2016-01