Pecuária: caprinos e ovinos apresentam crescimento no Ceará em 2016

20 de dezembro de 2016

Mesmo com um ano difícil o setor da pecuária apresentou resultados satisfatórios, com o aumento de 52% de caprinos e 56% de ovinos, registrados pela Adagri

 

Este ano foi marcado pela seca no Estado do Ceará e, mesmo com todas as dificuldades encontradas, houve um aumento na capitação de leite e reserva alimentar, como palma e sorgo, elevando os números da pecuária no Estado. O balanço foi apresentado, nesta terça-feira (20), pela Coordenadoria de Apoio às Cadeias Produtivas da Pecuária (Coape), da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, com apresentações de resultados e debates sobre os projetos para o próximo ano. Atualmente a Coape administra 62 projetos em todo o Ceará.

Segundo o coordenador, Márcio Peixoto, com a reserva alimentar, os animais ficam mais fortes e procriam com mais rapidez, aumentando o número de rebanhos. “Houve uma queda pouco significativa no número de bovinos, apenas 1,44%, porém os caprinos e ovinos aumentaram significativamente, o que é uma grande conquista e alegria para a pecuária do Ceará”, comemorou o coordenador, frisando o aumento de 52% nos caprinos e 56% nos ovinos, ambos registrados pela Adagri.

Ainda segundo o coordenador, a capacidade de adaptação dos caprinos e ovinos mesmo com a dificuldade de oferta de forragem faz com que a equipe se empolgue mais para preparar o produtor para a melhoria de produtividade por animal.

web z9 pec4Repalma

O projeto de revitalização da palma forrageira (Repalma) é um dos grandes responsáveis pela reserva animal no Estado. A reprodução multiplicada de palmas resistentes ajuda o produtor, mesmo com a falta d’água, na alimentação dos bichos. “Mesmo com esses anos todos de seca nossos bichos não morrem, pois oferecemos ao produtor alternativas para alimentação e procriação”, comemorou a zootecnista Yara Araújo.

Bovinonocultura

web z9 pec3O projeto de bovinocultura da SDA funciona desde 2009 ajudando produtores de leite da agricultura familiar, organizadas em associações e cooperativas. Já foram entregues no Ceará 212 tanques de resfriamento de leite bovino, beneficiando 945 famílias de 63 municípios, com investimento total de R$ 3.515.680,80.

Os técnicos da Coape incentivam a pecuária leiteira através da estruturação, monitoramento e acompanhamento de quantidade e qualidade do leite bovino nos tanques. “É feito todo um trabalho de avaliação para definirmos quais os tanques adequados para cada associação, e depois é feita uma instrução para os produtores manusearem corretamente o equipamento”, disse o gestor da bovinocultura da SDA Pedro Eymard.

De janeiro a novembro foram produzidos 5.447.873 litros de leite bovino em todo Ceará. Além dos tanques de resfriamento de leite também foram distribuídos 72 kits de inseminação artificial, beneficiando 1.008 famílias de 48 municípios, com investimento de R$ 364.266,72. Os produtores receberam também 2.982 kits de higienização, no valor de R$ 463.411,76. Outro benefício que a Coape deu aos produtores foi a entrega de 37 motoensiladeiras para 28 municípios, atendendo 1.110 famílias.

Apicultura

web z9 pec2O projeto de Fortalecimento da Apicultura no Estado do Ceará é uma parceria do Ministério da Integração com a Secretaria do Desenvolvimento Agrário e beneficia 40 famílias de 8 municípios cearenses. Foram entregues também 15 ninhos.

Está em desenvolvimento um Sistema chamado SI@PEC onde vai poder ser acompanhado toda a cadeia de apicultura no Estado do Ceará. O sistema que é encabeçado pela técnica Yara Araújo vai facilitar o contato entre os técnicos e os produtores.A

Estruturação da Cadeia Apícola na região do Cariri é um projeto que a Coape executa em parceria com a fundação Banco do Brasil, que faz o acompanhamento de 30 casas de mel.

Ovinocaprinocultura

web z9 pec5O Ministério da Integração em parceira com a Secretaria do Desenvolvimento Agrário realizam o projeto de Desenvolvimento da Ovinocaprinoltura que beneficia 30 famílias de 11 municípios com a produção de leite. Somente em 2016 foram produzidos 33.692 litros de leite caprino. O município de Tauá participa do projeto de produção de carne, que beneficia 120 famílias.

Atualmente 450 famílias são beneficiadas com acompanhamento técnico do Instituto para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar (IDEF). Atualmente, o projeto de Fortalecimento da Caprinocultura do Ceará beneficia 90 famílias de 3 municípios com capacitação, animais e reprodutores.

20.12.2016

Fotos: Ascom / SDA

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário – SDA
Aécio Santiago – (85) 3101.8105
aecio.santiago@sda.ce.gov.br

Expediente imprensa 05dez 2016-01