AESP fecha o ano com 5.625 profissionais capacitados

29 de dezembro de 2016

Policiais civis e militares, bombeiros militares e profissionais da Pefoce participaram de cursos de formação, habilitação, aperfeiçoamento e ensino a distância (EaD)

RBalanço AESP - FOTO 6A Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), órgão vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS) responsável pela formação inicial e continuada de todos os agentes que integram o sistema de segurança pública e defesa social do Estado do Ceará, encerrou o ano letivo de 2016 atingindo a marca de 5.625 profissionais capacitados.

RBalanço AESP - FOTO 8Somente no primeiro semestre deste ano, 1.245 novos profissionais foram formados pela AESP, incluindo 307 soldados da Polícia Militar; 200 delegados; 284 escrivães; 238 inspetores e 314 novos oficiais, sendo 183 tenentes da PMCE e 33 do Corpo de Bombeiros, o que proporcionou um reforço significativo nos efetivos das instituições e contribuiu com os resultados de diminuição de violência no Estado. No caso da Polícia Civil, por exemplo, com a formação dos novos agentes e a posse do primeiro e segundo grupos aprovados no concurso, o Estado mais que dobrou o número de Delegacias 24 horas em um ano. Ampliando de 11 para 23 unidades em funcionamento, sendo 10 no Interior, nove na capital e quatro na Região Metropolitana de Fortaleza.

No âmbito da formação continuada, 768 profissionais foram contemplados com cursos de especialização nas mais diversas áreas de atuação. Turmas de Curso de Policiamento de Divisas; Curso Básico de Mergulho; Curso de Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário; Curso de Tripulante Operacional; Curso de Tripulante Aeromédico; Curso de Operações Táticas Rurais; Curso de Policiamento Montado e Curso de Especialização em Segurança Contra Incêndio e Pânico, são apenas alguns dos cursos promovidos este ano, e que beneficiaram não só profissionais das vinculadas da SSPDS, como também servidores de outros órgãos como: Secretária de Saúde, Serviço de Atendimento Movél de Urgência (Samu Ceará); Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh); Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e Guarda Municipal de Fortaleza (GMF).

Entre as ações de qualificação desenvolvidas, destaque para o Curso de Especialização em Policiamento com Motocicletas (Programa Raio). A capacitação, que faz parte do projeto de interiorização do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), treinou policiais dos municípios de Itapipoca, Crateús, Iguatu e Canindé, distribuídos em pelo menos 10 turmas, ao longo do ano.

Para promover a ascensão profissional dos integrantes do sistema de segurança pública, a AESP também realizou cursos de aperfeiçoamento para delegados, escrivães, inspetores e membros da Perícia Forense do Estado (Pefoce). Já os militares participaram de Cursos de Habilitação às graduações de Sargento e Subtenente (CHS e CHST); Curso de Habilitação de Oficiais (CHO); Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) e Curso Superior de Segurança Pública (CSSP). Totalizando, 3.612 pessoas contempladas.

O diretor geral da AESP, coronel PM José Herlínio Dutra, comemorou os índices alcançados e agradeceu o empenho de todos os integrantes do órgão. “É com alegria que concluímos o ano de 2016, com a certeza da missão cumprida. Tivemos a possibilidade nesse ano de formar delegados, inspetores, escrivães, oficiais e praças da Polícia Militar, oficiais do Corpo de Bombeiros, então, foi um ano de resultado pedagógico muito positivo, com um grande número de formados. Eu queria manifestar aqui a minha gratidão aos professores, aos instrutores, ao corpo docente, corpo discente, ao corpo administrativo, aos servidores das vinculadas e a todas as pessoas que colaboraram para que a Academia tivesse nesse ano esse desempenho tão importante para o Governo do Ceará”, destacou o oficial.

Para o próximo ano letivo, a expectativa de Dutra é integrar ainda mais os órgãos de segurança pública, através da qualificação técnico-operacional. “Para 2017, nós temos grandes desafios para realizar, temos a expectativa de formar 1.400 profissionais da Polícia Militar, da primeira turma do concurso, que brevemente serão convocados. E teremos ao longo desse ano ainda, pelo menos três importantes cursos de capacitação, que é um curso de tiro policial para todas as vinculadas e um curso de técnicas operacionais e defesa pessoal, além de muitos cursos de ascensão”, pontuou.

Capacitação Rede EAD/SENASP

Além dos cursos desenvolvidos pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE), os profissionais de segurança pública do Estado também podem se capacitar através dos cursos oferecidos pela Rede Nacional de Educação a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJ). A Rede EAD/SENASP oferece anualmente três ciclos de cursos de capacitação a distancia, com mais de 60 opções de cursos em cada. Somente este ano, 7.667 pessoas, concluíram com êxito os cursos oferecidos pela Rede EAD/SENASP.

29.12.2016

Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE)
Assessoria de Comunicação
(85) 3484-1909 / (85) 98879-7538
www.aesp.ce.gov.br
Facebook: AESP/CE
Twitter: @aespce

Expediente imprensa 05dez 2016-01