Governador anuncia R$ 58,7 milhões para professores durante visita a obras de escolas

12 de Janeiro de 2017

Camilo Santana visitou escolas nos bairros Luciano Cavalcante e Conjunto Ceará

 

170112 VIS OBRAS ESCOLAS JW6603 webO governador Camilo Santana visitou, nesta quinta-feira (12), as obras de três das dezessete escolas estaduais que estão sendo construídas em Fortaleza. A primeira visita foi à Escola de Ensino Fundamental e Médio Johnson, no bairro Luciano Cavalcante. A escola, com capacidade para 880 alunos, passará a funcionar em um novo prédio, construído ao lado do antigo. O novo espaço, com 3.906,08 m2 de área, teve um custo de R$ 6.184.394,85, recursos dos governos estadual e federal. A escola, que passará a ser de tempo integral, deve ficar pronta neste primeiro semestre. Além do reforço na carga horária de aulas, os alunos passarão a ter atividades extras de informática, cultura e esportes ao longo do dia.

170112 VIS OBRAS ESCOLAS JW6710 webA vendedora Eremilda dos Santos, moradora do bairro há mais de duas décadas, tem um neto de 16 anos estudando na escola. “Com meu neto passando o dia na escola, fico muito mais tranquila. Ele, assim, fica longe da criminalidade. E com a escola novinha em folha, é muito melhor”, diz ela.

As outras duas escolas visitadas pelo governador e pelo secretário da Educação, Idilvan Alencar, estão sendo construídas no Conjunto Ceará. A primeira, Escola de Ensino Fundamental e Médio Professora Maria Antonieta Nunes, tem capacidade para 790 alunos. “É um sonho para a comunidade que estamos realizando. É uma melhoria muito grande para o processo de ensino e aprendizagem”, comemora a diretora da escola, Diana Mendes. Ela destaca a modernidade do novo equipamento, que está sendo construído a um custo de R$ 6.296.689,55 e fica pronto também no primeiro semestre. Outra grande vantagem, é que a escola também passará a funcionar em tempo integral no novo prédio.

A segunda escola estadual que está sendo construída no Conjunto Ceará, a EEFM Dr. Gentil Barreira, tem capacidade para 540 alunos e é mais uma que mudará de regular para tempo integral. A um custo de R$ 6.257.306,81, o novo prédio abrigará várias atividades extras, o que representará um diferencial no processo de aprendizagem dos alunos.


Uma em cada quatro escolas cearenses passa a ser de tempo integral

Segundo o governador Camilo Santana, a educação tem sido uma prioridade neste governo e a transformação das escolas estaduais de ensino regular em tempo integral faz parte de uma estratégia para melhorar a qualidade da educação no 170112 VIS OBRAS ESCOLAS JW7060 webCeará, além de afastar os jovens da criminalidade. “Os jovens chegam na escola pela manhã e passam o dia inteiro aprendendo e participando de atividades extras importantes do seu processo de crescimento. Já transformamos mais 71 escolas regulares em tempo integral e estamos chegando a quase duzentas escolas estaduais nessa situação. É um grande avanço”.

Para o secretário estadual da Educação, Idilvan Alencar, o Ceará tem conseguido ser destaque nacional na educação porque tem realizado um trabalho sério e continuado. “Avançamos muito nos últimos anos e temos trabalhado intensamente para conseguir resultados ainda mais expressivos”, diz ele.

Governador anuncia depósito de R$ 58,7 milhões para professores

Ao final da visita às obras das escolas, o governador Camilo Santana anunciou que já foram depositados R$ 58,7 milhões, que serão rateados entre mais de 20 mil professores efetivos e temporários da rede pública estadual de ensino, advindos do saldo do Fundeb 2016. O valor, que será pago nesta sexta-feira (13), representa praticamente um 14º salário e foi um compromisso assumido pelo governador. “Esse é um reconhecimento pelo grande trabalho realizado pelos nossos professores, o que tem levado o Ceará a ser destaque nacional pelos excelentes resultados da nossa educação”, destacou o governador.


12.01.2017

Fotos: José Wagner / Gov. do Ceará

Expediente imprensa 05dez 2016-01