Estado e TRE-CE assinam convênio para cadastramento biométrico de 2,6 milhões de eleitores em 93 municípios

27 de Janeiro de 2017

A atividade receberá o apoio de 1.372 jovens do Programa Primeiro Passo, da STDS

“Essa parceria do governo do Estado, através da STDS, com o TRE-CE é importante porque atuamos em duas vertentes: ao mesmo tempo em capacitamos nossos jovens do interior, que criamos novas perspectivas e oportunidades de educação e trabalho, nós ampliamos o cadastramento de eleitores por meio da biometria. Nosso desejo é que o Ceará possa universalizar o mais breve possível esse processo, que vem recebendo grande ajuda dos jovens do Programa Primeiro Passo”. A declaração é do governador Camilo Santana, ao assinar na manhã desta sexta-feira (27), no Palácio da Abolição, Termo de Cooperação entre a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) para atuação de 1.372 jovens estagiários do Programa Primeiro Passo, nas Zonas Eleitorais de 93 municípios que realizarão recadastramento biométrico em 2017 e 2018.

A atuação dos jovens estagiários, com idades entre 16 e 21 anos, será iniciada a partir de fevereiro próximo, devendo se estender até maio de 2018, período em que o TRE-CE estima já ter cadastrado 75% dos eleitores cearenses por meio da biometria. O novo sistema permite que o eleitor confirme o seu voto por meio digital, garantindo maior segurança e transparência no processo eleitoral. “Esse é um convênio que amplia a cidadania de nossos jovens, à medida em que promove e incentiva a capacitação profissional, aumenta o nível de relacionamento dos adolescentes com juízes, promotores, servidores de alto nível intelectual, além de promover grande serviço à sociedade, com maior facilitação do cadastramento eleitoral”, acrescentou o titular da STDS, Josbetini Clementino.

Cidadania   

Do total dos jovens, 922 auxiliarão os técnicos do TRE-CE ao longo deste ano, e outros 450, no período de janeiro a maio de 2018. “Sem a cooperação do governo do Estado, da STDS, por meio do Programa Primeiro Passo, nós não conseguiríamos cumprir nossas metas de cadastramento eleitoral”, destacou o presidente do TRE-CE, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, no ato da assinatura do Termo de Cooperação. Conforme explicou, convênio semelhante foi celebrado em 2015 e 2016, período em que foram capacitados outros 1.300 jovens do Primeiro Passo, o que viabilizou o cadastramento biométrico de 1.751.233 eleitores de 59 municípios cearenses.

Entre as atividades que os jovens desenvolverão estão o atendimento ao eleitor, conferência dos documentos apresentados e apoio no controle de acesso ao processo de cadastramento, até a retirada do documento, bem como o manuseio dos equipamentos de informática e biometria, dentre outras tarefas, inerentes ao processo. Como pré-requisitos básicos à função, o adolescente deve estar cursando o ensino médio, possuir postura apartidária, dinâmica e ter facilidade de comunicação verbal, além de estar integrado ao Programa Primeiro Passo.

Até maio de 2018, a expectativa do TRE-CE é que 4.358.112 eleitores já estejam cadastrados eleitoralmente por meio da biometria. Em Fortaleza, acrescentou o desembargador,a Justiça eleitoral também vem recebendo o apoio do Exército nesse processo.

Rcarlos eugênio3

27.01.2017

Fotos: Rogério Rodrigues / STDS

Assessoria de Comunicação e Eventos
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS
Carlos Eugênio Saraiva / (85) 3101.2089 / 2099
Twitter:www.twitter.com/stdsonline
Facebook:www.facebook.com/stdsce
E-mail:imprensa@stds.ce.gov.br

Expediente imprensa 05dez 2016-01