Startup cearense SIMULAVest irá para a Campus Party Brasil 2017

30 de Janeiro de 2017

O projeto elaborado por jovens empreendedores de Sobral, por meio do Corredores Digitais, foi selecionada para o evento que acontece no final deste mês em São Paulo

 

A startup cearense SIMULAVest, projeto participante do Corredores Digitais em Sobral, da Secretaria da Ciência e Tecnologia e Educação Superior (Secitece), irá participar da quarta edição do Programa Startup & Makers, durante a Campus Party Brasil 2017, que será realizada entre os dias 31 de janeiro e 5 de fevereiro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

O programa Startup & Makers já ajudou mais de 600 empresas embrionárias no país. Este ano 160 startups foram selecionadas. A SIMULAVest é uma das 80 startups em Growth Stage, projetos em estágio mais avançado, com equipe já formada, produto lançado no mercado, que tenha ou não já recebido algum tipo de investimento, mas que já possua faturamento. Outras 80 em Early Stage, projetos pouco avançados, com primeiros protótipos criados e testados, porém sem terem recebido qualquer investimento, também participarão do evento.

O SIMULAVest é uma plataforma voltada para a preparação dos alunos para o vestibular, fornecendo ferramentas e informações que servem para auxiliar e mostrar o progresso do aluno. “Proporcionamos uma grande quantidade de questões de qualidade, em um banco de questões que cresce constantemente. Usamos essas questões para gerar simulados e após sua resolução, disponibilizamos relatórios, onde poderá ver o seu desempenho, além de mostrarmos sua evolução”, explica o gerente de projetos e analista de sistemas, Igor Antônio Gomes Teles.

A equipe criadora do SIMULAVest é formada por três jovens sobralenses de 20 anos, todos graduandos em Ciências da Computação na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Além de Igor, também participam como desenvolvedores George Edson Albuquerque Pinto e Thiago Rodrigues Magalhães.

Corredores Digitais

Criado em 2007, o Corredores beneficia diretamente pessoas entre 18 e 28 anos que queiram empreender. A ideia é aliar o conhecimento dos jovens a um processo de incubação de empresas na área de TIC, através da capacitação em gestão empresarial e apoio à criação e consolidação de empresas inovadoras.

A terceira edição do projeto, iniciada em agosto de 2016 conta com a participação de 252 jovens residentes dos municípios de Beberibe, Fortaleza, Jaguaribe, Maracanaú, Quixadá, São Benedito, Sobral e Tauá. Ao todo 30 novas startups estão sendo pré-aceleradas.

Saiba mais sobre a SIMULAVest em http://simulavest.com

 

 

30.01.2017

Cynthia Cardoso Fontenele
Jornalista | 1982 JP/CE
Assessoria de Comunicação – Secitece
85 3101-6466 / 6469

Expediente imprensa 05dez 2016-01