Hospital São José inicia residência em infectopediatria

21 de Fevereiro de 2017

Há 46 anos como referência no tratamento de doenças infecciosas no Ceará, o Hospital São José, unidade da rede pública do Governo do Ceará, qualifica a assistência e inicia a primeira turma de residência médica em infecto pediatria. “Vivemos em um cenário de infecções persistentes em crianças. Por isso, a especialização nesse tipo de cuidado é fundamental”, ressalta a infectologista Gláucia Ferreira, supervisora da primeira turma de residentes infecto pediatras do HSJ.

banner residentes hsj fev2017 site000Serão três anos de estudos e prática no ambulatório, enfermaria e emergência com foco principal no tratamento de infecções infantis. A primeira turma tem quatro médicos. Atualmente, o Hospital São José recebe crianças de vários municípios cearenses para tratamento de infecções graves nos vinte leitos da unidade de internamento exclusivamente infantil, atendimento de emergência ou consultas ambulatoriais previamente agendadas. Nesta terça (21), 12 leitos estão ocupados.

A filha da vendedora Verônica Sousa foi tratada de pneumonia na unidade infantil do HSJ. Hoje, a menina de cinco anos é uma das 100 crianças que, por mês, são acompanhadas no ambulatório de pediatria do hospital. “Foi aqui que eu consegui o tratamento certo para a minha menina. Era muita tosse, febre alta e falta de ar. Quando minha filha foi encaminhada para o Hospital São José, ela foi encaminhada também pra cura”, conta com alívio.

Referência de Ensino e Pesquisa

O Hospital São José se destaca também como unidade de ensino e pesquisa, formando médicos infectologistas de várias instituições de ensino da medicina do Ceará, de outros estados brasileiros e até de outros países. É um dos mais modernos Centros de Estudos do Norte e Nordeste, reconhecido pelo Ministério da Educação. Este mês, quatro médicos concluíram no HSJ o Programa de Residência Médica em Infectologia. “Estamos finalizando o padrão ouro da especialização médica, que é a residência. Vamos cuidar do mais precioso bem, a saúde das pessoas”, reforça o médico infectologista Matheus Mota.

Além de médicos, há mais de dois anos o HSJ recebe profissionais para residências em diversas áreas, como fisioterapia, nutrição, farmácia, psicologia, enfermagem e serviço social. São profissionais da Residência Integrada de Saúde (RIS), um projeto da Secretaria da Saúde do Estado que garante ampliação da educação permanente multiprofissional.

No HSJ está entre os mais modernos Centros de Estudos do Norte e Nordeste, reconhecido pelo Ministério da Educação. Nos últimos três anos a unidade começou a fazer parte da Rede Rute, a Rede Universitária de Telemedicina, uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia que garante mais aperfeiçoamento aos serviços médicos e a troca de experiências com hospitais de várias regiões do Brasil e do exterior.

21.02.2017

Assessoria de Comunicação do Hospital São José
Franciane Amaral
(85) 3101-2371/ 9 8961.3880

Expediente imprensa 09jan 2017-01