Hospital de Messejana forma mais 20 residentes em seis especialidades

23 de Fevereiro de 2017

Nesta quinta-feira (23), às 14 horas, o Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, da rede pública do Governo do Ceará, realiza a cerimônia de formação da turma do Programa de Residência Médica 2017, que capacitou 20 especialistas em cardiologia, cardiologia pediátrica, cirurgia torácia, ecocardiografia, hemodinâmica e pneumologia. O Hospital de Messejana destaca-se na formação de profissionais da área da saúde que atuam em diferentes especialidades.

Credenciado pelos Ministérios da Educação e Saúde como Hospital de Ensino, o Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes fortalece a rede de ensino médico no Ceará e qualifica seus próprios especialistas. “Com a grande demanda atendida no hospital, o residente tem condições de ver todas as patologias inerentes às especialidades e muitos deles acabam atuando como profissionais da casa, a exemplo dos médicos que concluíram cardiologia nesta última turma. Parte deles continuarão nas residências de sub-especialidade e os demais atuarão em setores do Hospital de Messejana”, diz o coordenador da Residência Médica do Hospital de Messejana, Francisco dos Santos Neto.

Entre os médicos que concluíram a especialização em Cardiologia, está Eveline Barroso de Aragão, que fez sua segunda residência no Hospital de Messejana, referência no Norte e Nordeste do país, no tratamento de doenças cardíacas e pulmonares. “Tive acesso a terapêuticas que eu não encontraria em outros hospitais do Estado, como o serviço de Hemodinâmica 24h, os transplantes… Vivi uma experiência gratificante, em especial pelo que aprendemos na Unidade de Emergência, onde nossas condutas nos atendimentos definiam o futuro de cada paciente. Destaco ainda a dedicação dos preceptores, que colaboraram para sermos profissionais melhores e mais capacitados”, declara a cardiologista.

De acordo com o coordenador da residência médica, o Hospital de Messejana garante ao residente uma estrutura de aprendizado que inclui dois eixos, o cuidado com os pacientes e informações atualizadas, já que dispõe de internato, residências médica e multiprofissional e pós-graduação, a exemplo do doutorado em cardiologia. “O hospital tem ainda toda a tecnologia de ponta, equipamentos modernos, que não deixam a desejar para os grandes centros médicos da região Sudeste”, destaca Francisco dos Santos Neto.

Residências médica e multiprofissional

A formação no Hospital de Messejana teve início em 1973, com a residência em cardiologia. Passaram-se 44 anos e o hospital já formou 380 médicos nas áreas de pneumologia, cardiologia, cirurgia torácica, cardiologia pediátrica, cardiovascular, ecocardiograma, endoscopia respiratória e hemodinâmica. Há também a residência multiprofissional com vagas para profissionais de enfermagem, farmácia, fisioterapia, nutrição, odontologia, psicologia, serviço social e terapia ocupacional.

23.02.2017

Assessoria de Imprensa do Hospital de Messejana
Stella Magalhães (85) 3101-4092

Expediente imprensa 09jan 2017-01