Comitês de Bacias definem diretrizes para os Vales do Jaguaribe e Banabuiú

10 de março de 2017 # # # #

reuniaoalocacaojaguaribe

Em 30 dias, haverá nova reunião dos Comitês de Bacias e o Sistema dos Recursos Hídricos para analisar a operação dos açudes Orós, Banabuiú e Castanhão

    Na Reunião de Avaliação da Alocação das Águas dos Vales do Jaguaribe e Banabuiú do ano de 2016 realizada no dia 9 de março, em Limoeiro do Norte, os Comitês de Bacias definiram diretrizes  para a operação dos reservatórios Orós, Banabuiú e Castanhão, durante 30 dias. Após este período, os Comitês e o Sistema dos Recursos Hídricos se reunirão mensalmente, até o final da quadra chuvosa, para analisar a operação dos açudes.

“Foi uma reunião importante com bastante discussões. O Orós passa a atender somente a área de influência, os consumos que vão até Jaguaretama, perenizando 100 km de rio. A vazão que vamos trabalhar é no limite de 3 mil l/s, ou 3 m³, e o Orós fica preservado até junho, para que obtenha recarga e possamos avaliar sua situação para saber se poderá, ou não, voltar a contribuir com o sistema Jaguaribe e Metropolitano”, afirma o presidente da Cogerh, João Lúcio Farias.

A proposta decidida na reunião é uma referência de operação e poderá ser alterada no mês de abril, dependendo do comportamento das chuvas e do aporte do reservatório.

10.03.2017

Assessoria de Comunicação e Marketing
Rafaele Esmeraldo Menezes
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh
Fone: + 55 85 3195. 0718
rafaele.esmeraldo@cogerh.com.br
Twitter: @Cogerh_ce
Facebook:https://www.facebook.com/cogerh

Expediente imprensa 09jan 2017-01