Encontro Estadual de Ouvidores discute atuação das Ouvidorias

9 de maio de 2017 # # # #

Assessoria de Comunicação da CGE - 85 3101.3474 Flávia Salcedo - Coordenadora de Comunicação ( flavia.salcedo@cge.ce.gov.br ) Géssica Saraiva - Assessora de Comunicação ( gessica.saraiva@cge.ce.gov.br ) Camila Lins - Assistente de Publicidade ( camila.lins@cge.ce.gov.br ) Twitter: @OuvidoriaCeara Facebook: www.facebook.com/CgeCeara

O evento contou com a participação de membros da Rede de Ouvidoria do Estado e teve como objetivo debater questões referentes ao funcionamento das ouvidorias públicas e privadas

“A Ouvidoria é fundamental para a gestão pública”. Foi com esta frase, que o secretário de Estado Chefe da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), Flávio Jucá, iniciou a palestra de abertura do IX Encontro Estadual de Ouvidores promovido pela Associação Brasileira de Ouvidores e Ombudsman (ABO-Seção Ceará). O evento reuniu representantes da ABO-CE, membros da Rede de Ouvidoria do Estado e cidadãos para discutir a percepção e as expectativas da sociedade sobre a atuação das Ouvidorias.

Para o secretário da CGE, Flávio Jucá, a Ouvidoria é mais que uma mera ferramenta de controle. “Sempre gosto de destacar o quão importante é o papel da Ouvidoria, que vai desde uma ferramenta de controle social a uma ferramenta de gestão. Como ferramenta de controle social, ela garante ao cidadão a participação na gestão pública e exercício de sua cidadania. Já como ferramenta de gestão, a Ouvidoria funciona com o propósito de nortear as ações do gestor, indicando o que está ou não funcionando”, destacou.

O evento também contou com outras duas palestras: “O Desenvolvimento da Ação da Ouvidoria na atualidade”, ministrada pelo presidente da ABO Nacional, Edson Vismona; e “Lei de Acesso à Informação”, ministrada pelo Superintendente Substituto da CGU/CE, Leonino Gomes.

Estiveram presentes no encontro, o presidente da ABO-CE, José Valdo; o presidente do Conselho Deliberativo da ABO-CE, Irapuan Aguiar; a Ouvidora-Geral do Ministério Público do Estado do Ceará, Maria Neves Feitosa; a ouvidora-Geral do Município de Fortaleza, Natália Rios; e o ouvidor do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Itacir Todero.

Ouvidoria e Participação

Ao abrir o evento, o presidente da ABO Nacional, Edson Vismona, ressaltou a importância do fortalecimento do papel da Ouvidoria para a construção de uma gestão pública eficiente e sobre a mudança de comportamento da sociedade mediante as ações estabelecidas pelos gestores.

“Indignado com os escândalos políticos no país, o cidadão quer agora participar da gestão. Ele quer opinar e apresentar suas demandas. E é com base nessa mola propulsora, que a Ouvidoria vem fortalecendo o seu papel como elo de ligação entre a administração pública e a sociedade. A população está chamando e é nossa obrigação atender a esse chamado”, pontuou.

A nona edição do Encontro Estadual de Ouvidores aconteceu no auditório da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) e teve como objetivo debater questões referentes ao funcionamento das ouvidorias públicas e privadas, além de permitir a troca de experiências entre os  profissionais, visando o aperfeiçoamento das atividades.