Facebook: Governador anuncia 2ª turma da PM e média salarial da Polícia Civil e da Pefoce

9 de maio de 2017 # # #

Caio Faheina Repórter / Célula de Reportagem Foto: José Wagner / Governo do Ceará

Durante o bate-papo ao vivo, que acontece sempre às terças-feiras, o governador Camilo Santana afirmou que convocará 1.400 novos agentes da PM

Novos 1.400 agentes devem ser convocados pelo governador Camilo Santana, na próxima quinta-feira (18), para integrar o quadro de segurança da Polícia Militar do Ceará. O anúncio foi feito pelo chefe do Executivo nesta terça-feira (9), em primeira mão, durante o bate-papo semanal pelo Facebook. Os policiais que serão chamados vão se somar aos já 1.400 PMs da 1ª turma, convocados em março último. “Até o fim deste ano, eu quero que ingressem mais 2.800 novos policiais militares para que possamos aumentar o efetivo do Raio, aumentar a segurança do nosso Estado e garantir a tranquilidade do nosso povo”, projetou o chefe do Executivo.

Além disso, outra novidade comentada pelo governador foi a equiparação salarial com a média do Nordeste para inspetores e escrivães da Polícia Civil e para servidores da Polícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). “Da mesma forma que assegurei essa equiparação para a Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros, em abril, garantirei para esses outros segmentos”, confirmou Santana, que deve enviar Projeto de Lei em breve.

Durante a conversa ao vivo, que ocorre sempre às terças-feiras, a partir das 13 horas, o governador do Ceará respondeu a perguntas, dúvidas, elogios e críticas de seguidores em sua página. Uma das primeiras a participar do bate-papo, Rosina Lima questionou o chefe do Executivo quanto às questões de segurança pública. “Quando a violência vai diminuir?”, indagou.

“Este é o assunto que exige mais dedicação, mais empenho e de maior desafio para qualquer gestor. É preciso muito trabalho, dedicação, integração dos órgãos de segurança pública, da Justiça. É preciso valorizar os profissionais da área da segurança. E a primeira coisa que fiz, quando assumi o Governo, foi a Lei de Promoções, que promoveu quase 10 mil profissionais; a maior promoção do País. Além disso, houve concurso para a Polícia Civil. Até então, nós tínhamos o menor efetivo do País”, respondeu Santana.

O chefe do Executivo também enfatizou a regionalização das delegacias 24 horas e da implantação do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) no Ceará em diversos municípios cearenses. “Vamos implantar o BPRaio em mais de 21 cidades, com população acima de 50 mil habitantes”, garantiu o governador. A aquisição de mais armas, viaturas e helicópteros, e a implantação de mais delegacias pelo interior cearense foram outras medidas apontadas para reforçar a segurança do Estado.

Já o internauta Carlos André perguntou a opinião do chefe do Executivo sobre a proposta da Reforma da Previdência, que está no Congresso Nacional. “É importante algumas reformas neste País. É preciso ser feito um debate, com franqueza, sinceridade, transparência. Não se faz mudança sem dialogar. E sou contra a forma dessa proposta porque mexe muito com quem é mais pobre, principalmente com o homem do campo, o agricultor. Falo isso porque conheço a realidade do homem do campo do Nordeste brasileiro, principalmente a do Ceará”, disse Santana.

Outro comentário feito ao governador do Ceará foi dito por Antônia Santos. “Precisamos de mais empregos”, afirmou a seguidora. Citando o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp) e a luta por tornar o Aeroporto Internacional Pinto Martins, que logo receberá investimentos da alemã Fraport, um HUB da TAM, o chefe do Executivo disse que novas perspectivas serão abertas no Estado. “O Governo tem trabalhado na perspectiva de alavancar os empregos e a economia”, assegurou.

Durante o bate-papo, que durou cerca de uma hora, o governador Camilo Santana também abordou temas relacionados à saúde, garantindo implantação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) aos municípios com mais de 50 mil habitantes. Além disso, Santana afirmou que Estado e Municípios estão juntos na execução de medidas de combate ao mosquito Aedes aegypti, mas que os cidadãos também colaborassem com as ações. “O problema pode estar na casa de cada um de nós”, alertou.

O chefe do Executivo também falou sobre o resultado, previsto para este mês, do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) que analisa os estudos de empresas privadas para a instalação de uma unidade de dessalinização no Ceará, que produzirá dois mil litros por segundo.

Santana também abordou o lançamento, nesta terça-feira (9), do projeto Ceará Filmes –  Programa Estadual de Desenvolvimento do Audiovisual e da Arte e Cultura Digital. O programa, em parceria com a Ancine, tem o objetivo de ampliar a articulação para o audiovisual e a arte e cultura digital cearense. O projeto prevê 20 salas de cinema espalhadas pelo Ceará. Municípios como Amontada, Aquiraz, Cedro, Crato, Iguatu, Itaitinga, São Benedito e Tauá devem ser beneficiados pela ação. “Só vamos diminuir a violência do nosso Estado com investimento, com profissionais qualificados, com prevenção, educação, ocupação de espaços públicos, investimento na nossa juventude, construção de Areninhas e lançamento de projetos culturais”, finalizou.