Programas federais de prevenção ao uso de álcool e outras drogas chegarão a 16 municípios cearenses em 2017

9 de maio de 2017 # # # #

Fernando Brito Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) (85) 3238.5090 / 99910.3443 - comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br www.spd.ce.gov.br Facebook: spdceara Twitter: @spdceara

Ações beneficiarão estudantes do Ensino Fundamental da rede pública e suas famílias

Dezesseis municípios cearenses, distribuídos nas macrorregiões Grande Fortaleza, Centro-Sul, Cariri e Sertão de Sobral, serão favorecidos, ao longo de 2017, com a implantação do Projeto Juventude do Futuro da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD). A iniciativa envolve a execução dos programas federais de prevenção às drogas Jogo Elos, #Tamojunto e Famílias Fortes em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

As cidades beneficiadas são as seguintes: Caucaia, Maracanaú, Horizonte, Maranguape, São Gonçalo do Amarante, Aquiraz, Redenção, Eusébio, Beberibe, Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Icó, Iguatu, Quixelô e Sobral.

Uma oficina de sensibilização e apresentação do Projeto Juventude do Futuro foi realizada na tarde da segunda-feira (8), na sede da SPD, com a participação de representantes das áreas de Saúde, Educação e Assistência Social de todos os municípios a serem beneficiados. Na ocasião, também foram abordados paradigmas da prevenção às drogas e apresentados os atores implementadores das ações, além de relacionadas as contrapartidas dos municípios.

Inicialmente, a secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra Câncio, fez um breve relato sobre todos os programas e projetos desenvolvidos pela SPD, ressaltando a parceria com a Senad. Posteriormente, foram apresentados os novos secretários Adjunto e Executivo da pasta, Cláudio Saraiva e Tamara Holanda, respectivamente.

A programação teve continuidade com a apresentação geral dos programas de prevenção e o esclarecimento de dúvidas dos participantes do encontro. A coordenadora do Projeto Juventude do Futuro, Natália Alexandre, esclareceu que os programas deverão ser desenvolvidos em 64 escolas de Ensino Fundamental I e II da rede pública, beneficiando cerca de 4.800 estudantes e envolvendo 560 profissionais. O número de famílias a serem contempladas ainda está sendo avaliado.

Presente ao encontro, a secretária do Trabalho e desenvolvimento Social do município do Crato, Águeda Duarte, elogiou a iniciativa da SPD de fortalecer as ações voltadas para a prevenção às drogas junto a crianças, jovens e suas famílias. O secretário de Educação do município de Quixelô, Claudemir Alves Ribeiro, também enalteceu o Projeto Juventude do Futuro em prol da qualidade de vida dos jovens na medida em que reduz os fatores de risco ao uso e abuso de drogas e fortalece os vínculos. Maria Vênus de Andrade Cunha é secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social de São Gonçalo do Amarante. Ela avalia que o Projeto Juventude do Futuro fortalecerá as ações de prevenção às drogas no município.

A reunião de pactuação entre a SPD, Senad e as prefeituras municipais para a efetivação dos programas de prevenção está prevista para a próxima segunda-feira, dia 15, às 13h30, no auditório da SPD. Na ocasião, ocorrerá a assinatura do termo de cooperação. O evento deverá contar com a presença dos prefeitos de todos os municípios beneficiados. A secretária Aline Bezerra coordenará a programação.

Os programas

O ‘Jogos Elos’ é um programa voltado para crianças de 6 a 9 anos matriculadas no 1° e 2º anos do Ensino Fundamental I da rede pública de ensino. O objetivo é contribuir para a produção de um ambiente harmônico que estimule a troca e a cooperação entre alunos e professores, favorecendo o aprendizado e o desenvolvimento das habilidades sociais. Em 2016, foram favorecidos 3.255 estudantes cearenses.

O ‘#Tamojunto’ é outro programa de prevenção ao uso de drogas realizado em escolas, sendo voltado para jovens de 13 e 14 anos de idade matriculados no Ensino Fundamental II na rede pública municipal. Visa instrumentalizar adolescentes com habilidades e recursos específicos para que possam lidar com influências sociais, adquirindo conhecimentos sobre drogas e suas consequências para a saúde. No ano passado, 1.874 estudantes do Estado foram contemplados.

O ‘Famílias Fortes” é um programa de prevenção voltado para famílias de crianças e adolescentes entre 13 a 14 anos. A meta é reduzir os fatores de risco e construir ou fortalecer os vínculos familiares e comunitários. Em 2016, foram realizados 6.132 atendimentos.