CE Pacífico: vice-governadora Izolda Cela participa do 2º Seminário Territorial no Bom Jardim

12 de maio de 2017 #

Weberte Lemos Gestor de Célula / TV Fotos: Tiago Stille / Governo do Ceará

O encontro serviu para construir um programa de ações e projetos oriundos de demandas da própria comunidade e discutir os resultados do primeiro encontro, realizado em julho de 2016

A vice-governadora Izolda Cela participou, na manhã deste sábado (13), do 2º Seminário Territorial do Bom Jardim. O encontro serviu para construir um programa de ações e projetos oriundos de demandas da própria comunidade e discutir os resultados do primeiro encontro, realizado em julho de 2016. Entre as sugestões debatidas está a criação de mais espaços de convivência na região. “Precisamos de equipamentos que garantam atividades para jovens e idosos. Isso é fundamental para evitar a ociosidade e garantir uma certa segurança”, sugeriu a presidente da Associação Amigas do Peito, Iracema Lima.

A vice-governadora Izolda Cela, que participou da solenidade de abertura e também das mesas de debate, destacou a importância dos movimentos sociais nesse processo. “Os movimentos sociais aqui do Grande Bom Jardim são engajados na defesa dos direitos e de projetos, e hoje ouvimos sugestões, críticas e apoio. Essa parceria é fundamental para o sucesso da Uniseg na comunidade”, afirmou.

Para o jornalista Elizeu de Jesus, do Movimento Saúde Comunitária do Bom Jardim, os desafios são muitos grandes, mas é preciso investir na cultura de paz. “O nosso desafio hoje é realizar projetos para que a comunidade mude a realidade para a cultura de paz e não da violência”.

Participaram do Seminário representantes de entidades e comunidades do Grande Bom Jardim, que engloba os bairros Siqueira, Canindezinho, Granja Lisboa, Granja Portugal e Bom Jardim. foram fornados três grupos de trabalho: Segurança Cidadã e Acesso à Justiça; Prevenção Social e Oportunidades para a Juventude; Desenvolvimento Urbano e Qualidade de Vida.

Entidades da sociedade civil, iniciativa privada, poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, realizaram, ao longo desses 10 meses, negociações diversas e desenvolveram ações integradas nas áreas de Segurança Pública e Defesa Social, Justiça e Cidadania; Direitos Humanos; Educação; Ciência e Tecnologia; Saúde; Política sobre Drogas; Trabalho e Desenvolvimento Social; Cultura; Esporte; Juventude; Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, definidos nos planos de trabalho.

Pacto por um Ceará Pacífico

Coordenado pela vice-governadora Izolda Cela, o Ceará Pacífico abrange programas, projetos e ações voltadas para a prevenção da violência e redução da criminalidade. Com o objetivo de construir uma cultura de paz em todo o território cearense, vai operar a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública.

A meta é a melhoria do contexto urbano, por meio de ações que possibilitem o monitoramento e a avaliação contínua da sociedade, criando as condições de acolhimento das populações mais vulneráveis e o enfrentamento da violência. O primeiro território de atuação foi o bairro Vicente Pinzon.