Juventude em Ação: cerca de 800 estudantes serão contemplados em Capistrano

18 de maio de 2017 # # #

Fernando Brito Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) (85) 3238.5090 / 99910.3443 - comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br www.spd.ce.gov.br Facebook: spdceara Twitter: @spdceara

Ciranda da prevenção beneficiará oito mil alunos da rede pública estadual

Cerca de 800 estudantes do município de Capistrano, na região do Maciço de Baturité, serão beneficiados este ano com o programa de prevenção às drogas lícitas e ilícitas Juventude em Ação (JA), uma iniciativa da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), através da equipe do Sistema Integrado de Prevenção (SIP) / JA. Os jovens são alunos da Escola Ubiratan Diniz de Aguiar, única unidade estadual de ensino médio da localidade.

O primeiro contato da comunidade escolar com o programa JA aconteceu na quarta-feira, 17, durante todo o dia. Uma equipe do SIP / JA, coordenada pela psicóloga Miriam Barreto, promoveu oficina para a apresentação e desenvolvimento de ações do programa. O evento aconteceu na sede do estabelecimento e contou com a participação do corpo docente e de lideranças estudantis, bem como de representantes de famílias e lideranças comunitárias circunvizinhas.

A abertura da oficina foi realizada pelo secretário Especial Adjunto de Políticas sobre Drogas, Cláudio Saraiva, que realizou breve relato sobre as ações desenvolvidas pela SPD, destacando iniciativas no âmbito da prevenção às drogas. Em seguida, a coordenadora de Interlocução Interinstitucional da pasta, Lidiane Rebouças, abordou os eixos de atuação da Secretaria.

A programação teve continuidade com a apresentação do propósito do Juventude em Ação e das variadas atividades inseridas no programa, uma iniciativa pioneira no Estado do Ceará. A psicóloga Miriam Barreto destacou o objetivo maior da ação preventiva, qual seja ampliar a relação que os indivíduos, famílias e a comunidade estabelecem com as drogas declaradas lícitas e ilícitas, socializando conhecimentos científicos integrados à vida cotidiana sobre as substâncias psicotrópicas e seus efeitos para a saúde física, psicológica e social; além de fortalecer os ativos de proteção e diminuir os fatores de risco relacionados às drogas.

“Vamos somar habilidades e experiências, viabilizando escolhas mais saudáveis para o cotidiano. A ideia é produzir conhecimento, com consciência crítica”, disse Miriam Barreto, ressaltando a importância do abraço de toda a comunidade escolar e dos diferentes segmentos sociais à causa da prevenção. Por seu lado, a diretoria Teresa Pimentel acredita que o JA virá fortalecer a prevenção às drogas dentro da escola e nas comunidades do entorno a partir da oferta de orientação e conhecimento aos jovens sobre o tema.

O JA atende a estudantes do ensino médio da rede pública estadual e alcança, também, as famílias dos alunos, docentes e lideranças comunitárias, proporcionando uma ciranda de prevenção. Cerca de oito mil estudantes serão favorecidos em 2017. Além de Capistrano, os demais municípios cearenses beneficiados este ano são os seguintes: Fortaleza, Quixeramobim, Sobral, Horizonte, Juazeiro do Norte e Maracanaú.