Reunião discute Distrito Industrial do Cariri na SDE

23 de maio de 2017 # #

Paola Vasconcelos Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) paola.vasconcelos@sde.ce.gov.br paolavcampelo@gmail.com (85)3444.2907 (85)98439.6457

O desenvolvimento econômico do Cariri foi a pauta de reunião, nesta segunda-feira (22/05), na sede da Secretaria do Desenvolvimento  Econômico do Estado do Ceará (SDE). O secretário Cesar Ribeiro recebeu o secretário da mesma pasta do município de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, e seu secretário executivo, Douglas Feitosa, para tratar da requalificação do Distrito Industrial do Cariri, além de outros assuntos.

Envolvendo os municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, o Distrito Industrial do Cariri passa por processo de requalificação. De acordo com Cesar Ribeiro, as propostas técnicas da licitação já foram avaliadas e, no momento, aguardam a abertura dos envelopes das propostas financeiras pela Procuradoria Geral do Estado(PGE). No entanto, duas empresas de produtos descartáveis já planejam se instalar na área.

“A região do Cariri é muito importante para a economia do Ceará e esse polo misto de indústria e serviços visa dar mais funcionalidade às atividades pela proximidade com os centros urbanos da região”, disse Cesar Ribeiro.

Projetos

Na oportunidade, o secretário do Desenvolvimento Econômico de Juazeiro, Michel Araújo, apresentou o projeto do Centro Regional de Inovação e Empreendedorismo (CRIE),  que prevê interação entre o setor produtivo do Cariri com as universidades, como forma de fomentar processos de  inovação nas empresas, aproveitando o potencial tecnológico e de pesquisas das universidades da região. Outro assunto foi o evento G20 do Semiárido, que reúne as 20 principais cidades do semiárido com maior PIB, cuja realização deve acontecer em Juazeiro, em 2018, e também a ideia de transformar a cidade de Juazeiro do Norte em um centro do Região Nordeste. De acordo com Michel Araújo, geograficamente, Juazeiro do Norte está no centro da Região Nordeste, com equidistâncias de cerca de 600 km das capitais nordestinas, com exceção de São Luís e Salvador.

Já o secretário executivo Douglas Feitosa também apresentou a proposta de criar um Fórum de Secretários de Desenvolvimento Econômico do Cariri, como forma de reunir líderes dos municípios em torno ações para o crescimento regional e destacou o trabalho que a pasta municipal vem fazendo para incentivar a formalização de empresas e também para capacitar e adequar a produção das indústrias para o mercado internacional, via exportação.