Polifonias faz noite do hip hop no Anfiteatro do Dragão do Mar

14 de junho de 2017 # #

Luar Maria Brandão Assessoria de Comunicação do Instituto Dragão do Mar Telefones: +55 85 3488.8625/ +55 85 98970.8081

Andrézão GDS, Impacto Feminino e Coro MC

Programa da Temporada de Arte Cearense do Dragão do Mar, o Polifonias promove a circulação de artistas da cena musical do Ceará, com apresentações de artistas e bandas autorais nos diversos segmentos musicais. Na edição de junho de 2017, o hip hop do Ceará ganha o palco do Polifonias, com apresentações de Andrézão GDS, do trio Impacto Feminino e do Coro MC, neste sábado (17), às 19h, no Anfiteatro. O acesso é gratuito.

Quem abre a noite é o rapper paulista, radicado em Fortaleza, Andrézão GDS, gravando o DVD “Gueto Heroes – Ao Vivo”. Além das faixas do primeiro álbum “Na Certeza do Groove”, o show conta com faixas dos EPs “Roubando a Cena” (2016) e “Pronto Pra Virar o Jogo” (2017).

A apresentação terá ainda faixas inéditas e outras gravadas em parcerias com artistas como Dextape de Juazeiro do Norte, Caio MC e Daniel Atalaia da Paraíba, Caroline Givulski e Flamel do Rio Grande do Norte, além dos parceiros de Fortaleza, Ernany RVM, Zéis (Capotes Pretos na Terra Marfim), Roni Flow, Padêro MC, Dali, Al Kidoc e DJ Robson. O show conta ainda com o tecladista Felipe Portela, também de Fortaleza, e Andy Khamidi, do Cabo Verde.

Com mais de 200 shows realizados pelo Nordeste após o lançamento do álbum “Na Certeza do Groove”, GDS se tornou uma das referências do hip hop nordestino, especialmente por sua trajetória como guerrilheiro da cultura independente.

Confira vídeo de Andrézão GDS aqui.

Hip hop feminino

A forte cena do hip hop cearense tem a presença marcante das mulheres enquanto compositoras e cantores do gênero. O Polifonias apresenta, neste sábado, o grupo Impacto Feminino, formado pelas cantoras Rita, Natalia Gois e Karla. Juntas, elas têm se destacado nos festivais de Fortaleza, especialmente na Maloca Dragão. Com atitude, as artistas entoam letras feministas, num empoderado afrontamento à sociedade machista.

As canções falam do empoderamento feminino, mas também poetizam a realidade, elevando assim a consciência sobre o papel e a condição das mulheres nas periferias de Fortaleza.

Confira vídeo do Impacto Feminino aqui.

Rap da Barra

Completa a noite do hip hop no Dragão o rapper cearense Coro MC, que fez história com dez anos de luta à frente do grupo RDF, acompanhado de Padêro MC. Um dos grupos mais reconhecidos da cidade, o RDF ganhou as paradas com o disco “Coração Vagabundo”,’ que já é considerado um clássico do rap cearense.

No trabalho solo, Coro mostra amadurecimento ao tratar de temas mais sérios, como a dura realidade das ruas de Fortaleza e especialmente do lugar onde vive, o bairro da Barra do Ceará. Não à toa, o rapper foi o único artista brasileiro selecionado pra o projeto ”Converse Rubber Tracks”, tendo seu EP produzido no Rio de Janeiro, no estúdio Toca do Bandido, com a tutoria de MV Bill.

Confira vídeo do Coro MC aqui.

 

SERVIÇO

Polifonias com Andrézão GDS, Impacto Feminino e Coro MC

Quando: dia 17 de junho de 2017 (sábado)
Onde: Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
Hora: às 19h
Classificação etária: Livre
Acesso gratuito
Marque presença no evento: https://www.facebook.com/events/polifoniasjun2017