Facebook: Obras da Transposição do São Francisco entre Ceará e Pernambuco serão retomadas

20 de junho de 2017 # # #

Caio Faheina Repórter / Célula de Reportagem Foto: José Wagner / Governo do Ceará

Paralisada há cerca de um ano, a obra da Transposição do Rio São Francisco, no trecho que compreende os município de Jati, no Ceará, e Salgueiro, em Pernambuco, será retomada em breve. O anúncio foi dado pelo governador Camilo Santana nesta terça-feira (20), durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook. “Recebi um telefonema há pouco, informando da decisão da suspensão da liminar que suspendia o início das obras”, disse.

“O Ministério da Integração Nacional vai convocar a empresa para iniciar, o mais rápido possível, essa obra importante”, afirmou Santana, lembrando de sua visita à ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, na semana passada, junto a outros três governadores, para cobrar o início das obras do trecho de 146 quilômetros. A decisão, dada hoje pela ministra, suspende a liminar, de abril último pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que paralisava a licitação para contratação de empresas que dariam continuidade às obras.

Além disso, o chefe do Executivo estadual comentou, ao vivo, sobre o crescimento de 1,87% do Produto Interno Bruto (PIB) cearense no primeiro trimestre de 2017. “Foi quase o dobro do crescimento do Brasil neste mesmo período. Isso mostra que a economia está retomando seu crescimento, o que representa mais emprego, mais oportunidade de renda, mais desenvolvimento para o estado do Ceará”, comemorou. O último dado positivo havia sido no último trimestre de 2014, quando o PIB cearense registrou 2,11%. “Estamos otimistas. A perspectiva para este segundo semestre é de continuar o crescimento”, projetou.

Durante a transmissão, o governador também respondeu a dúvidas dos cidadãos. Emeline Macêdo, por exemplo, questionou o atual balanço que poderia ser feito acerca do efetivo da Polícia Civil. “Fizemos o concurso para a PC ainda em 2015. Foram 750 vagas para delegados, inspetores e escrivães. Chamei as três turmas no fim do ano passado e já pedi ao secretário da Segurança Pública, André Costa, que fizesse uma avaliação da nossa necessidade e da possibilidade de chamarmos mais (agentes) do cadastro de reserva”, antecipou o governador.

Em seguida, o chefe do Executivo parabenizou a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), da PC, pela segunda maior apreensão de drogas no Estado, realizada hoje, em Fortaleza. Foram apreendidos mais de 1.200 quilos de narcóticos. “Mais um grande exemplo da qualidade da investigação criminal e de inteligência da Polícia Civil”. Santana lembrou, ainda, de que as drogas que transitam pelo País vêm das fronteiras, não sendo produzidas no Brasil, e que a União precisa tomar providências para combater a entrada dessas substâncias em solo brasileiro.

Também no âmbito da segurança, a cidadã Joyce Helena perguntou ao governador sobre a possibilidade de haver um presídio federal no Estado. “Nós estamos, hoje, construindo mais três presídios no Ceará, que vão gerar mais três mil vagas. E também tomei a decisão de construir um presídio de segurança máxima”, respondeu Santana. Segundo ele, o equipamento vai ser estadual. “É complexo para o Governo Federal tomar uma decisão de fazer um presídio de segurança máxima. Os que estão sendo construídos atualmente, no entanto, têm recursos federais”, afirmou. O projeto do equipamento cearense de segurança máxima, Santana acrescentou, está para aprovação no Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Cinturão Digital

No que tange ao acesso mais democrático à Internet, o cidadão Mauro Barreto pediu mais atenção do Governo do Ceará para com o Cinturão Digital do Ceará (CDC). Santana, entretanto, alertou o cearense sobre a ampliação do CDC para outros 27 municípios. “Essas cidades vão ter acesso à Internet de alta velocidade, de boa qualidade. E é essa conexão que vamos disponibilizar para os equipamentos públicos dos municípios cearenses”, afirmou o governador.

Entre as cidades que receberão a conexão de fibra óptica, com investimento da ordem de R$ 5 milhões, estão Hidrolândia, Jaguaruana, Araripe, Ipu e Icó. Ao todo, 80 dos 184 municípios cearenses já estão conectados com CDC.

Confira a transmissão na íntegra aqui.