Paic 10 anos: seminário abordará experiência bem-sucedida de colaboração entre Estado e Municípios

20 de junho de 2017 # # #

Assessoria de Comunicação da Seduc imprensa@seduc.ce.gov.br ​

Nesta quarta-feira (21), a Secretaria da Educação (Seduc) promove o Seminário “Regime de Colaboração com Foco na Aprendizagem”, como parte das comemorações pelos 10 anos de criação do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic). O evento reunirá secretários estaduais e municipais de Educação, além de técnicos da Seduc e das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes). O encontro será realizado no Centro de Eventos do Ceará, a partir das 9h, e contará com as presenças da vice-governadora Izolda Cela, do secretário da Educação, Idilvan Alencar, e de representantes das instituições parceiras do Programa.

Pela manhã, serão debatidas as políticas para a primeira infância no Estado do Ceará, trazendo propostas de intervenção voltadas para este público, com a participação da professora Luzia Laffite, superintendente do Instituto da Infância (Ifan).

Na sequência, será abordado o tema do regime de colaboração no Ceará, evidenciando como ocorre a pactuação entre Estado e Municípios, com os professores Fernando Abrúcio, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e Maurício Holanda, ex-secretário da Educação do Ceará e consultor legislativo da Câmara Federal.

No período da tarde, a partir das 14h, serão elaboradas reflexões sobre as conquistas e desafios do Paic, considerando os aspectos cognitivos e socioemocionais das crianças beneficiadas pela ação. A atividade será coordenada pela professora Lina Katia Mesquita, do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Em seguida, serão expostas as experiências bem-sucedidas de redes municipais cearenses. Os exemplos de Fortaleza, Sobral, Jijoca de Jericoacoara e Ararendá estarão em evidência.

Para encerrar a programação do dia, o músico Waldonys fará apresentação no Cineteatro São Luiz, às 21h.

Histórico

O Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic) foi criado, em 2007, com a meta de garantir a alfabetização dos alunos matriculados no 2º ano do Ensino Fundamental da rede pública cearense. Entre as suas atividades estão a oferta aos municípios de formação continuada aos professores, apoio à gestão escolar, entre outros aspectos. Juntamente com outras experiências, o PAIC contribuiu para a estruturação, por parte do Ministério da Educação, do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC).

A partir de 2011, para expandir essas ações ao 3º, 4º e 5º anos, foi lançado o Programa Aprendizagem na Idade Certa (Paic +5). Em dezembro de 2015, o governador Camilo Santana lançou o Mais Paic – Programa de Aprendizagem na Idade Certa, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5° ano, passou a atender também do 6° o 9° ano nas escolas públicas cearenses.

Ao todo, o Mais Paic recebe investimento de R$ 43 milhões do Governo do Ceará, por meio da Seduc, sendo R$ 22,5 milhões distribuídos em premiação para as melhores escolas; R$ 7 milhões para a realização da avaliação; R$ 7 milhões para aquisição de material didático; R$ 5 milhões em bolsas; e R$ 1,5 milhão em apoio logístico para a execução das formações.