Sistema de Relacionamento com o Cidadão: projeto investe em acessibilidade para deficientes visuais

28 de junho de 2017 # #

Assessoria de Comunicação da CGE - 85 3101.3474 Flávia Salcedo - Coordenadora de Comunicação ( flavia.salcedo@cge.ce.gov.br ) Géssica Saraiva - Assessora de Comunicação ( gessica.saraiva@cge.ce.gov.br ) Camila Lins - Assistente de Publicidade ( camila.lins@cge.ce.gov.br ) Twitter: @OuvidoriaCeara Facebook: www.facebook.com/CgeCeara

O sistema foi apresentado pela primeira vez para cidadãos com deficiência visual no Instituto dos Cegos do Ceará

Com o objetivo de garantir maior acessibilidade aos cidadãos portadores de deficiência na utilização do novo Sistema de Relacionamento Público com o Cidadão, o Governo do Ceará, por meio da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) e da Caiena Tecnologia e Design, empresa responsável por desenvolver o projeto, realizou nesta terça-feira (27), a segunda demonstração pública do sistema, voltada para portadores de deficiência visual.

“Neste primeiro momento, nosso objetivo é permitir que cidadãos com deficiência visual utilizem o sistema pela primeira vez, registrando manifestações de Ouvidoria ou solicitações de informações e apontando possíveis melhorias a serem feitas na plataforma. O sistema pretende atender ao Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (eMAG), que prevê recomendações ligadas a acessibilidade nos sites e portais do governo brasileiro, mas nós precisamos garantir que as funcionalidades sejam de fato úteis a esse segmento de usuários”, destacou o articulador da Coordenadoria de Fomento ao Controle Social da CGE, Tiago Peixoto.

Durante o evento de demonstração, os profissionais da Caiena Tecnologia e Design apresentaram o propósito do sistema e seu processo de construção. Ao final da apresentação, os cidadãos foram convidados um a um a atestar a nova plataforma. Após os testes, foi aplicada uma pesquisa de satisfação, onde foi avaliado o desempenho das ferramentas utilizadas.

Para o coordenador de projetos da Sociedade de Assistência aos Cegos e atualmente presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Paulo Roberto Cândido, a demonstração pública foi uma boa oportunidade de apresentar ações desenvolvidas pelo Estado em prol da sociedade.

“É fato que no Brasil o cidadão não tem a característica própria de acompanhar o que está sendo desenvolvido pela União, Estado ou Município no que diz respeito ao serviço público. Então, qualquer processo que se estabelece para que a população como um todo possa ter acesso a informações com maior facilidade e empenho do gestor, eu acho muito positivo”.

“A demonstração do Sistema Público de Relacionamento com o Cidadão se apresenta como um momento muito importante, principalmente pelo fato do sistema está sendo testado dentro de um ambiente como a Sociedade de Assistência ao Cego, onde nós cuidamos da cidadania plena das pessoas que têm deficiência visual. Se o cidadão normal já tem dificuldade de utilizar algumas sistemas e serviços públicos, imagine um deficiente visual”, frisou Paulo Roberto.