Escola de Saúde Pública celebra 24 anos de fundação no Ceará reforçando compromisso social

1 de agosto de 2017 # # #

André Victor Rodrigues - Repórter / Célula de Reportagem
Fotos - Tiago Stille / Governo do Ceará e Arquivo Pessoal

Há mais de duas décadas em busca da capacitação e conscientização social de profissionais de saúde. Com destaque para as conquistas desta trajetória, foram comemorados nesta terça-feira (1º) os 24 anos de fundação da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), instituição vinculada à Secretaria da Saúde (Sesa), em cerimônia realizada no Palácio da Abolição. Estiveram presentes na solenidade o secretário chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista, o secretário da Saúde, Henrique Javi, o superintendente da ESP, Salustiano Pessoa, além de gestores e profissionais ligados à área.

Durante o evento, a Escola homenageou seis personalidades cearenses com a entrega da Medalha Paulo Marcelo Martins Rodrigues, dentre elas o governador Camilo Santana, representado porÉlcio Batista na ocasião. Também receberam a condecoração: o titular da Sesa, Henrique Javi, o deputado federal Odorico Monteiro (através de representante), a ex-superintendente da ESP/CE, Anamaria Cavalcante e Silva, o chefe de gabinete do governador do Estado, Élcio Batista, e Helena Carvalhedo, gestora do Centro de Documentação e Biblioteca da ESP/CE.

Élcio Batista destacou o caráter operacional da ESP na política de educação permanente em saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) no Ceará.”É uma instituição super importante justamente porque trabalha com a formação de profissionais nesta área da Saúde. Uma área fundamental e na qual o Estado do Ceará tem avançado muito nos últimos dez anos, sobretudo com a regionalização do sistema de saúde. A produtividade, eficiência e melhores resultados vêm na medida em que se concilia pessoas capacitadas com o uso de tecnologia. A Escola de Saúde Pública tem exatamente esse papel”, disse.

Compromisso social

Superintendente da autarquia estadual, Salustiano Pessoa lembrou que ao longo de mais de 20 anos a Escola foi responsável por capacitar mais de 100 mil profissionais e gestores na Saúde Pública, o que gerou benefícios para milhões de cidadãos no Ceará. Para ele, a grande lição mostrada pelos serviços da ESP é que cuidar de saúde ultrapassa a preocupação urgente no tratamento de doenças. “Saúde não é doença. Saúde é bem estar físico, mental e social, conforme a própria Organização Mundial de Saúde (OMS) descreve. É muito mais do que apenas a parte da doença em si. A Escola tem essa missão de propagar a ideia de que saúde vai muito mais do que ir ao médico, buscar um medicamento ou fazer uma cirurgia”.

Secretário da Saúde, Henrique Javi reforçou que as ações do Governo do Ceará na rede pública tem exigido cada vez mais profissionais capacitados e comprometidos com o atendimento ao povo cearense. E, nesta missão, o papel da Escola de Saúde Pública se torna a cada dia mais fundamental. “Hoje fica o compromisso no sentido de cada vez mais trabalhar em benefício daquilo que a instituição simboliza: a defesa de um sistema justo, igualitário, um sistema que tem como base a promoção e prevenção da saúde acima de tudo. Um sistema que possa levar para cada um de nós um compromisso social”.

Aplicativo

Durante as comemorações do aniversário da instituição, foi lançado o aplicativo “APP ESP Básico”. A ferramenta tem o objetivo de prestar apoio à capacitação de urgência e emergência para cidadãos comuns e profissionais da área. Quem acessar o aplicativo, pode contar com instruções passo a passo para o atendimento de primeiros socorros de eventuais acidentes, além pode manter contato imediato com a central do Serviço Móvel de Urgência (SAMU).

Com a novidade, a ESP/CE espera manter uma relação mais próxima com os seus alunos a partir da divulgação de conhecimento técnico, possibilitando informações sobre campanhas e orientando sobre os procedimentos em casos de urgências e emergências.

Sobre os cursos

Por meio de cursos da ESP, profissionais de saúde do Ceará são formados em residências médicas e multiprofissionais, e tem acesso a especializações nas áreas de Gestão, Desenvolvimento Educacional, Atenção e Vigilância em Saúde. Também são ofertados, na Escola Profissionalizante, cursos de nível técnico, como Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal, Técnico em Radiologia e Técnico de Agente Comunitário de Saúde.

Em 24 anos, a ESP já formou 113.137 profissionais: 75.303 formados nos cursos livres, 5.965 na pós-graduação e 31.869 nos cursos profissionalizantes. De 1993 até este ano, 569 cursos foram realizados pela Escola de Saúde Pública do Ceará, sendo 505 livres, 43 pós-graduação e 21 profissionalizantes. Só este ano, a ESP/CE já soma 49 cursos livres, cinco especializações e três profissionalizantes. Um total de 57 cursos.