Mamaço será realizado na praça Luíza Távora neste sábado (5)

4 de agosto de 2017 # # # #

Cristiane Bonfim / Marcus Sá / Helga Rackel - Assessoria de Comunicação da Sesa - (85) 3101.5221 / 3101.5220

Como parte da programação do Agosto Dourado, acontece neste sábado, dia 5, a partir das 15 horas, um mamaço na Praça Luíza Távora. O evento será realizado numa parceria entre a Secretaria da Saúde do Ceará, o Gabinete da Primeira-Dama e o Enlace Dourado, equipe de mulheres que incentiva a amamentação. O mamaço contará com a participação dos bancos de leite humano de Fortaleza. A concentração será ao lado do Espaço Mais Infância, localizado na praça perto da esquina da avenida Santos Dumont com a rua Carlos Vasconcelos.

Realizada desde 1992 em mais de 150 países, por iniciativa da World Alliance for Breastfeeding Action (WABA) – Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno –, a Semana Mundial da Amamentação (SMAM 2017) foi aberta no Ceará na terça-feira, dia 1º de agosto, com a realização do Seminário Estadual de Aleitamento Materno. Ao longo do mês de agosto, outras atividades serão realizadas para estimular que mais bebês sejam amamentados por mais tempo.

A Semana Mundial da Amamentação é importante por ser uma estratégia de mobilização social que contribui para conscientizar a população e os profissionais de saúde sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê, e os benefícios que traz para a sociedade e o país. A SMAM também contribui significativamente para o aumento dos índices de amamentação e para a redução das taxas de mortalidade infantil, com a consequente melhora da saúde da população infantil e materna. Mas o Agosto Dourado no Ceará tem uma programação que vai além da SMAM.

Na sexta-feira, dia 11 de agosto, será realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, o encontro dos postos de coleta de leite humano, das 8 às 17 horas, no Hotel Plaza Praia Suítes. O encontro debaterá o tema “Em busca da excelência na qualidade dos processos e produtos. No domingo, dia 27, está programada a Caminhada da Amamentação na Avenida Beira Mar, a partir das 15 horas, com concentração na estátua da Praia de Iracema.

O encerramento do Agosto Dourado será realizado no dia 31, das 8 às 12 horas, no Auditório Waldir Arcoverde, da Secretaria da Saúde do Ceará, com um momento de avaliação das atividades realizadas.

 

Bom para o bebê e para a mãe

O Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam aleitamento materno exclusivo nos seis primeiros meses de vida do bebê e amamentação até os dois anos de idade ou mais. O leite materno é um forte aliado na luta contra a mortalidade infantil porque possui todos os nutrientes necessários para que a criança cresça com saúde e protegida contra problemas bastante comuns nos primeiros anos de vida, como diarreia, alergias, doenças respiratórias e infecções, por exemplo.

Para o bebê, além de ser de fácil digestão, o leite humano provoca menos cólicas e a sucção colabora para o desenvolvimento da arcada dentária, da fala e da respiração. Além disso, o leite funciona como uma vacina natural – que não substitui o calendário básico de vacinação –, protegendo a criança contra doenças como anemia, alergias, infecções, obesidade e intolerância ao glúten.

Além de estar sempre pronto, na temperatura certa e não custar nada, esse ato estimula o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê e é fundamental para a saúde de ambos. No caso materno, a amamentação contribui para a recuperação do útero, diminuindo o risco de hemorragia e anemia após o parto. O aleitamento materno também ajuda a reduzir o peso e a minimizar o risco de desenvolver, no futuro, câncer de mama e de ovário, doenças cardiovasculares e diabetes. É o alimento natural mais completo para a criança. E quanto mais tempo o bebê mamar, melhor não só para ele e como também para a mãe.