Seminário marca início do Mestrado Profissional em Educação da Urca

4 de agosto de 2017 # # #

Núcleo de Comunicação - Universidade Regional do Cariri (URCA) - (88) 3102-1213 - 9 - 8812.5525 ramal 2617

A primeira turma do Mestrado Profissional em Educação iniciou jornada de atividades nesta quinta-feira (3), com abertura oficial das aulas com os novos mestrandos do curso, durante seminário, que faz parte do Programa de Pós-Graduação em Educação – Mestrado Profissional, da Universidade Regional do Cariri (Urca). A aula inaugural foi realizada no auditório do Geopark Araripe, marcando o começo de uma nova história para Educação no Cariri.

Integrantes do Departamento da Educação da Universidade destacaram a luta de quase duas décadas para a conquista. O evento contou em sua abertura com palestra da professora doutora da Capes, Tânia Maria Hetkowski, que falou sobre a Pós-Graduação Profissional e Desafios para a Formação Docente. Ela destacou a singularidade na formação através do Mestrado Profissional. “O estatuto é na área da Educação. A nossa identidade é da Educação e isso é demonstrado”, explica. Segundo a docente, fazer mestrado profissional é reaprender todos os passos, e traz a possibilidade de produção de trabalhos diferenciados de conclusão de curso.

A abertura das atividades contou com o pró-Reitor de Pós Graduação e Pesquisa, professor Allysson Pinheiro. Na ocasião, ele representou o reitor da Urca, professor Patrício Melo, que nos próximos dias estará realizando avaliação de Geopark na China, representando a Unesco. Também estiveram presentes, o reitor da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Ricardo Ness, o diretor do Centro de Educação, professor Manoel Pina, além da professora Carla Roberta Brandão, chefe de Departamento de Educação, a professora Roberta Rocha, representando o diretor do Instituto Federal – Campus Juazeiro do Norte, e a professora Dra. Zuleide Queiroz, que atuou junto à comissão de elaboração de projeto para a criação do Mestrado. A docente, na ocasião, apresentou a nova turma de alunos a integrarem o MPEDU, e os professores responsáveis e que atuaram na conquista do curso de pós-graduação para a Urca, com apoio da administração da Instituição.

 

Concorrência

O Mestrado em Educação Profissional foi aprovado pela Capes, com resultado divulgado em 5 de janeiro deste ano. Nos meses de abril e maio, foi realizada a seleção de 20 alunos, com 421 inscritos. Considerada de grande concorrência, a seleção, segundo o pró-reitor, Allyson Pinheiro, demonstrou a demanda existente na região e a grande responsabilidade da Urca no processo de formação.

Ele destaca a importância de continuidade no processo de melhoria da qualidade da educação por meio do aprimoramento, com a Pós-Graduação, que tem a finalidade de proporcionar a formação, a partir de uma fundamentação teórica sólida, além de manter atualizado o currículo da educação básica, propondo ações de intervenção inovadoras de ensino-aprendizagem, para o ambiente escolar. Outro aspecto importante será o incentivo à pesquisa e a produção acadêmica, sobre gênero e diversidade étnico-racial, compreendendo as suas relações.

O professor Allyson ressaltou a realização de um sonho antigo da Urca, fomentado há muito tempo e desejado por toda a comunidade acadêmica. Será, conforme ele, uma continuidade no processo de formação, que deve ser trilhada pela Universidade. O Pró-reitor destacou outras conquistas na área da pós-graduação da Urca, como o Mestrado e o Doutorado em Química, além do de Matemática. “Mostra o engajamento da comunidade como um todo, com técnicos e professores, e a evolução que vem ocorrendo em todo esse processo”, afirmou.

O professor Allyson Pinheiro classificou a conquista dos alunos de integrar essa primeira turma, como um grande desafio. “Agora, inicia o segundo, que é concluir essa jornada”, ressaltou. As aulas do curso serão realizadas na quinta-feira, sexta-feira e nos sábados pela manhã. As disciplinas iniciais serão Pesquisa, Educação Básica, e as optativas, voltadas mais para as linhas de pesquisa.