SPD na Campanha Ceará Sem Drogas em Russas

18 de agosto de 2017 # # #

Fernando Brito Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) (85) 3238.5090 / 99910.3443 - comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br www.spd.ce.gov.br Facebook: spdceara Twitter: @spdceara

Cerca de 2,2 mil pessoas, entre estudantes, professores e gestores do município de Russas, com olhos e ouvidos atentos para acompanhar a abordagem da temática das drogas num debate que teve como figura central o comentarista esportivo e ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol, Walter Casagrande. Foi assim a 17ª edição da Campanha Ceará Sem Drogas, realizada na manhã desta sexta-feira, 18, na quadra da Unidade Educacional Coração Imaculado de Maria (Unecim).

Parceira da Assembleia Legislativa (AL) do Estado na iniciativa, a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) prestigiou o evento, através da participação do secretário Adjunto da pasta, Cláudio Saraiva. O gestor aproveitou a oportunidade para enumerar as ações da Secretaria, em especial no eixo da prevenção às drogas, além de divulgar o telefone 0800.2751475, do Centro de Referência sobre Drogas (CRD) da SPD, destinado à oferta de informação, bem como a escuta e orientação à população sobre problemas relacionados ao uso de substâncias psicoativas.

Antes do debate entre o público e o comentarista Walter Casagrande, o presidente da AL, Zezinho Albuquerque, deu as boas-vindas aos presentes e fez um breve histórico da Campanha Ceará Sem Drogas, iniciada em 2014. A ação preventiva foi idealizada pelo parlamentar a partir da leitura de um grande número de matérias de jornais que apontavam o aumento do consumo de drogas por parte do público jovem.

Zezinho Albuquerque defendeu que é preciso lidar com o tabu que acompanha a dependência química. “Dependente químico não é bandido. É um doente que precisa da família, do Poder Público e do carinho de toda a sociedade”, ressaltou, aproveitando para destacar a iniciativa do governador Camilo Santana de criar a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas para lidar com a questão da dependência química e a permanente parceria da pasta com a AL.
Por diversas vezes em sua fala, o presidente da AL fez questão de mencionar o telefone 0800.2751475 da SPD para que as pessoas que enfrentam problemas relacionados ao uso de drogas possam receber a devida orientação profissional. Zezinho Albuquerque completou: “Oitenta por cento dos jovens passam a ser dependentes químicos por curiosidade. E essa curiosidade nós não podemos ter. Essa curiosidade tem que ser por escola, por criar uma família e buscar um emprego”.

O prefeito de Russas, Weber Araújo, também falou na ocasião, enfatizando a importância de manter a juventude distante das drogas. “Queremos um Ceará sem drogas, uma Russas sem drogas, uma juventude bem feliz, que olhe para o estudo e que tenha uma vida cada vez melhor. Jovens, vocês são a luz do mundo”, apontou.

Parceiro em todas as edições do projeto, Walter Casagrande relatou sua experiência com as drogas e como a situação afetou sua carreira e as relações pessoais. “Eu tinha uma vida dupla: uma vida na rua, com os amigos, usando drogas, e outra no futebol, atuando no Corinthians. Aparentemente, a droga não interferia na minha carreira. Isso era o que eu achava”, comentou.

Casagrande afirmou que ficou internado durante um ano para o tratamento da dependência química e mencionou que o apoio de sua família foi fundamental para a recuperação. “Família é importante em todos os sentidos. Mas, no tratamento, esse apoio dá uma segurança muito grande para o dependente químico e contribui para que ele se recupere”, disse, mencionando o que chamou de prazer ilusório oferecido pelo consumo de drogas.

“Quando você inicia na droga, ela te oferece coisas que todo mundo tem vontade de ter: o prazer imediato, ser diferente das outras pessoas. Mas, a droga é mentirosa e não te oferece mais nada além do vício e da escravidão”, ressaltou Casagrande. Ele concluiu: “Vim aqui para contar minha experiência sobre drogas e tentar ajudar as pessoas, principalmente os jovens. Evitem as drogas, escolham outro caminho. A educação, cultura e esportes não excelentes alternativas”.

Encerrado o debate, o presidente Zezinho Albuquerque, Walter Casagrande, o prefeito Weber Araújo e o secretário adjunto, Cláudio Saraiva, conversaram com a imprensa. Na ocasião, o gestor da SPD enalteceu a parceria da Secretaria com a AL no âmbito da prevenção às drogas, alcançando sobretudo os jovens.

Na avaliação de Cláudio Saraiva, a Campanha Ceará Sem Drogas contribui para o debate aberto e democrático sobre a temática e a construção de soluções efetivas. O secretário Adjunto da SPD também abordou a Rede de Atenção Psicossocial disponível para o atendimento aos dependentes químicos e as vagas gratuitas disponibilizadas em comunidades terapêuticas pelo governo do Estado, através da Secretaria, para acolhimento de pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de drogas.

Antes da chegada a Russas, a Campanha Ceará Sem Drogas já havia percorrido os seguintes municípios: Limoeiro do Norte, Sobral (duas vezes), Crato, Viçosa do Ceará, Campos Sales, Aquiraz, Nova Russas, Fortaleza (duas vezes), Acaraú, Crateús, Horizonte, Aracati, Cruz e Ocara. As próximas edições ocorrerão em Alto Santo e Boa Viagem, ainda sem data definida. A SPD permanecerá acompanhando a caravana da AL, apresentando seus programas, projetos e serviços à população cearense.