Bodega Ceará: projeto de gastronomia do Governo do Ceará é destaque em festival de Tiradentes, em Minas Gerais

21 de agosto de 2017 # #

Caio Faheina:Repórter / Célula de Reportagem
Foto: Ascom: Governo do Ceará

O Bodega Ceará é o único projeto gastronômico do evento a expor produtos e temperos não-mineiros. A programação do evento segue até o próximo domingo (27)

O projeto de gastronomia Bodega Ceará, do Governo do Ceará, é uma das atrações da 20ª edição do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, realizado no Campo das Vertentes, em Minas Gerais. Com o tema voltado para a cozinha mineira de raiz e organizado pelo Fartura Brasil, o festival segue com programação até o próximo domingo (27). O Bodega Ceará é o único projeto do evento a expor produtos gastronômicos não-mineiros. A abertura das exposições aconteceu na última sexta-feira (18).

De acordo com o articulador de gastronomia no Governo do Ceará, João Luiz Lima, o Bodega vai “mostrar, no evento, a comida cearense, simples; a comida de casa”. “No último fim de semana, fizemos pratos com fava da região da Ibiapaba; com atum, que é pescado no município de Camocim, ao molho de rapadura; e arroz de camarão”, exemplificou.

Para o próximo fim de semana, João Luiz antecipa que serão feitos pratos com insumos oriundos da agricultura familiar e de feiras orgânicas da região da Ibiapaba. “Ainda temos lagosta para fazer, outras receitas com atum (de Camocim); com arraia, carne de sol, arroz da terra e feijão, ambos da Ibiapaba, além do óleo de babaçu”, elencou.

Com apoio do sistema S, por meio do Senac e do Sebrae, o Bodega leva não só gastronomia, como também estimula o turismo cearense. São apresentados ingredientes típicos do Estado e rotas e passeios turísticos pelo Ceará. Além disso, a Central de Artesanato do Ceará (Ceart), por meio do Bodega, mostra uma seleção de peças que fazem parte da indumentária da gastronomia cearense. “Além da Ceart, conseguimos alguns apoios locais, como o da prefeitura de Cascavel, que está mandando pra gente produtos como rapadura, castanha de caju e cajuína”, emendou o articulador.

Entre os destaques da evento estão aulas ao vivo, palestras e degustação de pratos criados particularmente para o festival mineiro. São cerca de 92 atrações gastronômicas, 185 profissionais nas cozinhas e 30 programações culturais, que incluem shows musicais, artes cênicas e cinema. De acordo com a organização do evento, mais de 45 mil pessoas passarão pelo festival – número de visitantes da edição de 2016 –, que já é tradicional para quem gosta de celebrar a boa mesa.

Bodega no Fartura Fortaleza

O Bodega Ceará também será protagonista no Fartura Fortaleza, a ser realizado nos dias 25 e 26 de novembro, no Iate Clube. O festival cearense é uma extensão do Fartura Brasil, que reuniu mais de 80 atrações gastronômicas nos últimos dias 15 e 16 de julho (entre eles o Bodega Ceará) em São Paulo, com chefs e produtores dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal.