Ceará Transparente: a missão de interligar o Estado de ponta a ponta

30 de agosto de 2017 # # #

Joslen Herbster: Assessoria de Comunicação do DER - (85) 3101-5788
Carlos Gibaja, Tiago Stille e Marcos Studart - Fotografia

A última matéria da série Ceará Transparente deste mês de agosto disseca o trabalho de pavimentar os milhares de quilômetros que interligam o Estado, aproximando as pessoas, escoando produção e dinamizando a economia

O volume alto de investimentos na construção de novas estradas, assim como na ampliação e na requalificação da malha rodoviária, reforça a infraestrutura produtiva do Ceará, aproxima as pessoas e dinamiza o turismo. Hoje são 7.578,94 km de rodovias pavimentadas e 3.938,11 km não-pavimentadas, totalizando 11.517,05 km a extensão de toda a malha, sob a responsabilidade do Departamento Estadual de Rodovias (DER), vinculado à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

As melhorias viárias ganham impulso com o Ceará de Ponta a Ponta: O Programa de Logística e Estradas do Ceará, lançado em 2016. Com investimentos de quase R$ 2 bilhões (R$ 1.917.247.180,73) e exatos 2.063,31 km de melhorias previstas até 2018, a iniciativa promove a integração dos municípios, bem como o desenvolvimento sustentável, atendendo demandas deste novo momento do Estado.

Para o superintendente do DER, Sérgio Azevedo, o Governo do Ceará tem se destacado no cenário nacional pelo elevado montante de investimentos direcionados para a ampliação e melhoria da malha rodoviária, que representa um dos mais importantes componentes da infraestrutura produtiva do Estado. “Dotar o Ceará com uma boa infraestrutura rodoviária, vai, certamente, aumentar a competitividade da economia cearense, melhorando sua capacidade de atração de novos empreendimentos”, afirma.

Só nos anos de 2015 e 2016, 1.144,68 km de malha rodoviária foram restaurados, pavimentados e duplicados, com recursos do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de R$ 907.951662,46. Ganham destaque a entrega de 157 km de rodovias restauradas e pavimentadas na Região do Cariri; e outros 176 km na Região Norte do Estado.

Obras de norte a sul

Este ano, já foram entregues 184,43 km de obras em regiões como Grande Fortaleza, Região do Cariri, Litoral Oeste, Centro–Sul, Vale do Jaguaribe. Outros 618,40 km da malha viária estão em obras de pavimentação, restauração e duplicação. Entre as obras em execução estão: a duplicação da CE-293, no trecho Missão Velha-Barbalha; a duplicação da CE-040, em Beberibe e Guajiru; o alargamento da CE-187, de Tianguá-Ubajara e Ubajara-São Benedito; a pavimentação da CE-153, de Iborepi-Aurora e Iborepi–Lavras da Mangabeira; a restauração da CE-375, de Iguatu–Jucás, Jucás–Cruzeta-Saboeiro e da CE-292, de Crato–Nova Olinda, dentre tantas outras que recebem atenção do Governo, perfazendo um total de 25 trechos rodoviários em obras. O investimento nesses trechos é de R$ 619.561.997,90.

Em julho de 2017, o Ceará de Ponta a Ponta recebeu um novo aporte de R$ 405,1 milhões para mais uma etapa do programa. Com o investimento, serão tratados mais 300 km das rodovias estaduais, beneficiando ao todo 27 municípios cearenses e 3,7 milhões de habitantes.

Conforme Sérgio Azevedo, a ampliação da infraestrutura produtiva tem sido um diferencial importante na atual estratégia de desenvolvimento do Ceará. “Nesse aspecto, o investimento em rodovias representa uma iniciativa valiosa, pois tende a contribuir com o desenvolvimento das atividades econômicas e com o crescimento das regiões. Além dos custos de operação caírem significativamente, a melhoria da infraestrutura rodoviária vai aproximar as regiões, ampliando, consequentemente, a oferta de serviços à população”, conclui Azevedo.

Confira o vídeo: