Portal da Transparência: números de agosto consolidam maior participação da sociedade

5 de setembro de 2017 # # # #

Assessoria de Comunicação da CGE - (85) 3101.3474

Os números de acesso e visualizações por páginas neste mês de agosto foram os maiores desde a criação da ferramenta

Desenvolvido para possibilitar que o cidadão se torne um fiscal das ações públicas, fortalecendo a transparência da gestão e o combate à corrupção no Estado do Ceará, o Portal da Transparência atingiu durante último mês de agosto o maior número de acessos e visualizações por páginas desde sua criação. De acordo com os dados compilados pela Coordenadoria de Fomento ao Controle Social da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), só no último mês, foram contabilizados 34.393 acessos a ferramenta, realizados por 18.167 usuários.

 

Outro destaque, foram as 197.194 visualizações por páginas dentro do Portal, número que também se consolidou como o maior da história da ferramenta. “O aumento no número de visualizações por página é algo que merece muito destaque, pois isso significa que o cidadão não está apenas acessando mais o portal, mas que ele também está navegando mais pelas funcionalidades da ferramenta”, destacou o orientador da Célula de Transparência e Ética da CGE, Benevides Lôbo.

Além dos dados relativos ao acesso e de visualizações por páginas, o relatório consolidado pela CGE apresentou números relacionados aos assuntos mais buscados pelos cidadãos. A consulta sobre “Informações de Servidores” continua sendo a mais visitada pelo cidadão com 26% dos acessos, seguida por “Convênios” e “Contratos”, com 7% cada.

Quanto aos municípios que mais acessaram a ferramenta, Fortaleza continua no topo do ranking, contabilizando 65% do total. Em seguida, aparecem as cidades de Juazeiro do Norte (CE), com 4% dos acessos, e Sobral (CE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), contabilizado 2% cada.

Acessos pelo Mundo

Dos 34.393 acessos feitos ao Portal da Transparência durante o mês de agosto, 165 foram realizados de outros países. Aparecem entre os que mais acessam a ferramenta: Estados Unidos, Índia, Colômbia, Argentina, China, Irlanda, Alemanha, Finlândia e Portugal. “É interessante observar o crescimento gradativo no número de acessos que foram realizados de outros paises ao Portal da Transparência, mostrando que, cada vez mais, os portais são utilizados como ferramentas capazes de fornecer informações que subsidiam tomada de decisão”, pontuou o orientador Benevides Lôbo.