Casa da Criança: governador Camilo Santana visita a escola-abrigo, em Itaitinga, e libera R$ 1 milhão para a instituição

6 de setembro de 2017 # # # #

Fotos: Carlos Gibaja e Davi Pinheiro / Governo do Ceará Caio Faheina Repórter

Os sonhos de cerca de 250 meninos e meninas em situação de vulnerabilidade se revigoraram nesta quarta-feira (6).

Os sonhos de cerca de 250 meninos e meninas em situação de vulnerabilidade se revigoraram nesta quarta-feira (6). Acolhidas na Casa da Criança Governador Virgílio Távora, em Itaitinga, as crianças receberam, empolgadas, a visita do governador Camilo Santana e da vice-governadora Izolda Cela no espaço onde funciona a escola com regime de abrigo. Na ocasião, o chefe do Executivo assinou Projeto de Lei de apoio a iniciativas de proteção de crianças em situação de vulnerabilidade, com liberação de recursos da ordem de R$ 1 milhão para a instituição, que faz parte do Centro Educacional da Juventude Padre João Piamarta – fundação que existe há 45 anos.

O investimento será direcionado para melhorias na educação e na promoção social dos pequenos por meio de atividades em tempo integral. Os gastos incluem, por exemplo, alimentação, acompanhamento médico (com palestras e consultas), ações culturais, esportivas e excursões, além de capacitação de professores e de outros colaboradores do abrigo.

Emocionado, o governador elogiou o trabalho desenvolvido pela fundação e reforçou o apoio do Governo do Ceará em iniciativas de proteção de crianças em situação de vulnerabilidade. “Vivemos num mundo com tantas diferenças, desigualdades, disputas e egoísmo, que é preciso a gente alimentar no coração a fraternidade, o acolhimento, a paz. Vocês que estão aqui, que fazem esse trabalho no Piamarta, fazem um trabalho que não tem preço. Vocês estão garantindo um futuro digno de quem sonha”, disse.

Nos dois últimos anos, o Governo do Ceará investiu cerca de R$ 2 milhões no espaço, por meio de ações desenvolvidas pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).

Durante a visita, o chefe do Executivo recebeu homenagem das crianças acolhidas e assinou Projeto de Lei que autoriza o repasse de R$ 1 milhão para a manutenção do espaço

A vice-governadora Izolda Cela destacou o papel de instituições como a Casa da Criança, que transformam “situações do dia a dia em situações pedagógicas, de aprendizagem”. “Por terem contextos familiares muito frágeis, a gente percebe a essência da história (do abrigo), que é a de abrir portas e janelas de oportunidades, e fazer com que essas crianças tenham um contraponto de situações já vividas por elas. (A escola) é uma ponte de esperança”, sublinhou.

Sonhos possíveis

A Casa da Criança Governador Virgílio Távora acolhe e garante a proteção de crianças com idades entre 6 e 13 anos que tiveram seus direitos ameaçados ou violados, preservando vínculos familiares e preparando-as para a reinserção social. Como acontece com o pequeno Guilherme, de 9 anos, que há dois está na instituição. Carregando uma maturidade precoce, o menino tenta, com mais quatro dos seis irmãos no abrigo, se reinventar após a morte dos pais – o falecimento do pai aconteceu há menos de uma semana. Mas ele diz ter força para conquistar o mundo. E adianta: “quero ser um cantor famoso”.

Durante a visita, o chefe do Executivo recebeu homenagem das crianças acolhidas e assinou Projeto de Lei que autoriza o repasse de R$ 1 milhão para a manutenção do espaço

São histórias como a de Guilherme, além do apoio do Governo do Ceará, que motivam a diretora do espaço, Lieta Valotti, a continuar acreditando nessas crianças. “Que bom que as autoridades máximas do Estado conhecem o trabalho que é desenvolvido aqui, pois a gente acredita demais no que estamos fazendo, dá muito orgulho pra gente. Acreditamos que a educação, além da posterior preparação no Piamarta da (avenida) Aguanambi, pra se inserir no mercado de trabalho, é o caminho necessário para resgatar a vida dessas crianças”, reforçou.

Também estiveram presentes na solenidade o secretário-adjunto do Trabalho e Desenvolvimento Social, Herman Normando; o secretário-adjunto da Vice-Governadoria, Domenico Abbate; o coordenador do Centro de Apoio Operacional a Infância e Juventude, Hugo Mendonça; e o prefeito de Itaitinga, Abel Rangel Júnior.

Instituto Pe. João Piamarta

O Instituto Pe. João Piamarta atende também crianças e adolescentes com deficiência e minorias étnico-raciais, proporcionando-lhes mais autonomia e integração social.

Com sede em Fortaleza, o Instituto Pe. João Piamarta conta com outras três unidades socioassistenciais e educativas localizadas nos municípios de Itaitinga (02) e Limoeiro do Norte (01), que atuam no atendimento a crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade.