Homenageado no Congresso Brasileiro de Agronomia, Camilo Santana realiza palestra magna sobre Sustentabilidade e Recursos Hídricos

12 de setembro de 2017 # #

André Victor Rodrigues - REPÓRTER
Carlos Gibaja - FOTÓGRAFO

Com formação em Engenharia Agronômica, o governador foi homenageado na cerimônia de abertura do XXX CBA, realizada no Marina Park Hotel

A capital cearense é sede, desta terça-feira (12) até a próxima sexta-feira (15), no Marina Park Hotel, do XXX Congresso Brasileiro de Agronomia. Com a temática “Segurança hídrica: um desafio para os Engenheiros Agrônomos do Brasil”, o evento teve programação aberta por palestra magna do governador Camilo Santana. O chefe do Executivo abordou as ações do Plano de Sustentabilidade para o Desenvolvimento do Estado – Ceará Sustentável e Recursos Hídricos, e explanou acerca dos desafios do Ceará na pesquisa e planejamento por soluções na convivência com a seca.

Único engenheiro agrônomo a assumir o cargo de governador no Ceará, Camilo Santana também foi homenageado, na solenidade de abertura, com a medalha Guimarães Duque. A condecoração é a maior comenda da Agronomia, realizada em comemoração aos 90 anos da Confederação das Associações de Engenheiros Agrônomos do Brasil (CONFAEAB). Agraciado, o governador parabenizou a escolha da temática do congresso e exaltou a importância dos estudos de agronomia para assegurar mais qualidade de vida para o povo em região semiárida.

“Aqui no Estado temos trabalhado para cada vez mais inovar com alternativas para superar a escassez hídrica. Buscamos dessalinização, reúso de água, dentre tantas outras ações. Acreditamos na necessidade de ter uma política de enfrentamento, pois nenhum estado se desenvolve sem a estrutura básica, que é fundamentalmente energia e água. Então é preciso que mantenhamos o compromisso com a garantia de infraestrutura para produção de mais energia – e hoje nos encontramos como exportador de energia -, e também com a garantia de água, indispensável para a vida da população e também para produção, desenvolvimento dos municípios”, afirmou Camilo.

Durante a palestra na manhã desta terça-feira, o governador falou aos congressistas sobre o trabalho técnico e investimentos realizados no Estado para que não venha a faltar água e trabalho para agricultores familiares nas cidades cearenses. Foram apresentados dados sobre a perfuração de poços profundos pelo Ceará, a instalação de dessalinizadores, obras em açudes, barragens e, também, destacada a importância que terá a transposição do Rio São Francisco.

O evento

O XXX CBA espera receber cerca de 1.300 engenheiros agrônomos e estudantes de vários estados do Brasil. Esta é a segunda vez que o Ceará é sede do evento – a primeira vez foi em 1977.

Durante a programação, serão apresentados 650 trabalhos técnicos, seguindo cinco eixos temáticos: Recursos Hídricos, Política Profissional, Meio Ambiente e Proteção Sustentável, Segurança Alimentar e Inovações Tecnológicas. Além do conteúdo de pesquisa compartilhado, o congresso oferece palestras de doutores e especialistas nas áreas de Meteorologia, Recursos Hídricos, Economia e Zootecnia.

O CBA é uma realização da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Ceará (AEAC), e promovido pela CONFAEAB. O evento conta com apoio do Governo do Ceará, através de Confea, Crea, Cogerh e Adece, como também da Universidade Federal do Ceará.