Ceará Pacífico: Governo do Ceará patrocina R$ 150 mil em projetos para a juventude do Bom Jardim

13 de setembro de 2017 # #

Fotos: Max Marduque / Governo do Ceará Giuliano Vandson Gestor de Célula/Secretarias

O Governo do Ceará certificou nesta terça-feira (12) os finalistas do edital “Formação de Lideranças Comunitárias e Projetos Sociais” promovido pelo Ceará Pacífico, por meio da Vice-Governadoria, com a parceria da Coordenadoria de Políticas de Juventude (Conjuve) e com a execução do Instituto Desenvolvimento do Trabalho (IDT). O principal objetivo do edital é de fortalecer as iniciativas comunitárias que têm impacto direto junto às juventudes de territórios. O evento foi realizado no Centro Cultural do Bom Jardim (CCBJ).

Além da certificação, foi estabelecido o valor de 10 mil reais, para a execução de 15 projetos, que serão patrocinados pelo Governo do Ceará nos Territórios de Paz. Também foi realizada curso de formação e capacitação sobre liderança com 23 jovens, para que pudessem atuar em seus territórios com projetos comunitários.

“Essa premiação é um reconhecimento do Governo do Ceará ao esforço dos coletivos de juventudes que atuam no território e é um início de um trabalho que será fortalecido pelo Ceará Pacífico tanto no Bom Jardim, quanto no Vicente Pinzon e no Genibaú, esse é o primeiro edital de outros que virão para apoiar e fortalecer essas iniciativas”, destacou a secretária executiva da Vice-Governadoria e coordenadora de gestão territorial do Pacto Por Um Ceará Pacífico, Carla da Escóssia.

A iniciativa da certificação veio para beneficiar as lideranças comunitárias com uma formação profissional em liderança e na elaboração de projetos. De acordo com o presidente do IDT, Gilvan Mendes, “com o reconhecimento do IDT pela sociedade nessa matéria de formação profissional, fomos contactados para ministrar cursos de grande relavância para a comunidade, pois nos cursos as pessoas viram desde atitude, empreendedorismo, elaboração de projetos, planos de negócios e isso tudo vai contribuir para a formação destes jovens”.

Também à frente do processo de ações voltadas para as juventudes, o secretário especial de Políticas de Juventude do Governo do Ceará, Davi Barros, destaca o protagonismo da juventude no projeto. “Através do Ceará Pacífico, investir em projetos deste tipo, que são protagonizados pelos próprios jovens na comunidade, é uma ação que o Governo tem priorizado para viabilizar as iniciativas e o protagonismo dos jovens. Também destaco que novos editais serão realizados no Vicente Pinzon, no que diz respeito à área da cultura para os jovens que realizam atividades nas praças públicas nas cidades do Ceará, além de outras iniciativas”.

Geração de oportunidades

Formado nos cursos de fotografia e curadoria pelo próprio Centro Cultural do Bom Jardim, Sam Cruz, 28, foi certificado pelo projeto e recebeu o patrocínio de 10 mil reais do Governo do Ceará, explica que quis participar do processo de seleção para gerar oportunidades para outros jovens moradores do Bom Jardim. “Participei com um projeto de empreendedorismo para gerar oportunidades de trabalho, emprego e geração de renda, para que esses jovens não sejam ludribiados pelo crime organizado que é muito forte na nossa região. É um projeto para treinar jovens para que eles possam ter uma boa desenvoltura na busca de emprego, marketing com o uso de mídias digitais e técnicas de venda para jovens da comunidade”.

Edital “Formação de Lideranças Comunitárias e Projetos Sociais”

Lançado em junho deste ano, o edital foi lançado para apoiar experiências locais de trabalhos com juventude e projetos sociais, na perspectiva de fortalecer os projetos que tenham ação direta com jovens do Território de Paz no Bom Jardim.

O edital atende à Matriz de Ações e Responsabilidades (Mar), pactuada entre gestão pública, comunidade do Grande Bom Jardim e movimentos sociais, através do Pacto por um Ceará Pacífico.

Organizado em três etapas, o edital estabeleceu:

I- análise de documentação, que comprovasse a execução de ações voltadas para as juventudes, com atuação em Fortaleza, especialmente no Grande Bom Jardim;

II- participação no curso de 60 horas/aula, executado pelo IDT, com temáticas transversais à cidadania, participação social e elaboração de projetos sociais e;

III- análise final dos projetos.

O próximo edital direcionado para o Território do Vicente Pinzon será lançado no fim de setembro.