Cearáportos tem atuação ampliada e passa a se chamar CIPP S/A

21 de setembro de 2017 # # #

Paola Vasconcelos - Assessoria de Comunicação da SDE - paola.vasconcelos@sde.ce.gov.br - 3444.2907 ou 8439.6457

Com isso, a Cearáportos teve ampliado seu objeto social, alterando sua vinculação administrativa e tornando a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE) sua subsidiária.

A Companhia de Integração Portuária do Ceará (Cearáportos) ganhou novo objeto social e área de atuação. A Mensagem nº 8163, de 11 de agosto de 2017, enviada pelo governador Camilo Santana para a Assembleia Legislativa, que moderniza a legislação da Companhia, foi aprovada na sessão desta quinta-feira (21).

Com isso, a Cearáportos teve ampliado seu objeto social, alterando sua vinculação administrativa e tornando a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE) sua subsidiária. A proposição também altera a denominação social da Cearáportos para Complexo Industrial e Portuário do Pecém S.A (CIPP S.A) para dar maior abrangência à sua atuação. Com isso, a companhia CIPP S.A passa a atuar vinculada administrativamente à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e não mais à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra).

A proposta amplia o objeto social da Cearáportos para que atue também na administração, operação, exploração e desenvolvimento do Terminal Portuário do Pecém, da zona industrial adjacente e da ZPE-CE, que compõem juntas o Complexo Industrial Portuário do Pecém. Desta forma, modifica a legislação que trata da atuação da ZPE-CE, para que seja integrada à Cearáportos.

Segundo o governador Camilo Santana, tais mudanças são necessárias para incrementar a atuação dessas duas companhias estaduais, essenciais para promover de maneira ainda mais efetiva o desenvolvimento econômico e social do Estado do Ceará, notadamente o Complexo Industrial e Portuário do Pecém.