Centec expande produção de plantas medicinais em parceria com o Nufito

22 de setembro de 2017 # # #

Caroline Avendaño -Assessoria de Comunicação do Instituto Centec
comunicacao@centec.org.br - (85) 3066-7013 / 7014

As unidades do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) nas cidades de Acaraú, Barbalha, Beberibe, Maracanaú e Quixeré serão as primeiras beneficiadas na nova parceria com o Núcleo de Fitoterapia do Estado do Ceará (Nufito), da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), para expandir o cultivo e produção de plantas medicinais.

Para discutir os detalhes, o presidente do Centec, Silas Alencar, o diretor de Extensão Tecnológica e Inovação (DETI), Hermínio Lima, e a coordenadora de Extensão Tecnológica e Inovação, Edilina Feitosa, reuniram-se na manhã da última quinta-feira (21), com a coordenadora do Nufito, Mary Anne Bandeira, e sua equipe, na sede do Núcleo que se localiza à Av. Washington Soares, 7605, Messejana.

As ações terão início no Centro Vocacional Tecnológico (CVT) de Beberibe pelo fato da unidade já possuir forte articulação com a comunidade, Prefeitura e Secretaria de Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa); e o projeto possui possibilidades de expansão para a Faculdade de Tecnologia Centec (Fatec) Sertão Central, em Quixeramobim, e CVT São Benedito.

As articulações para a parceria tiveram início em 2016, a partir de um diagnóstico que observou grande sucesso anterior do Projeto Farmácias Vivas. As unidades selecionadas para iniciar o projeto ainda possuem toda a estrutura física necessária, como canteiros, fontes de água, corpo técnico habilitado. A expansão faz parte de um projeto do Nufito financiado pelo Ministério da Saúde que tem o objetivo de aumentar a produção de plantas medicinais nas seis macrorregiões do Ceará.