Sobral: Neonatologia do Hospital Regional Norte completa quatro anos

3 de outubro de 2017 # # #

Thiago Conrado - Assessoria de Imprensa do HRN
(88) 3677-9300

Em quatro anos, o Hospital Reigonal Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará, realizou 5.291 atendimentos de neonatologia, até o último mês de setembro.

Em quatro anos, o Hospital Reigonal Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará, realizou 5.291 atendimentos de neonatologia, até o último mês de setembro. Referência na macrorregião norte do Estado, o serviço de neonatologia do HRN é composto pela Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTI Neo), Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e Enfermaria Mãe Canguru. São atendidos bebês com até 28 dias de vida, em casos clínicos e cirurgias pediátricas. A pequena Maria Júlia, de apenas um mês e 29 dias de vida é umas das pacientes atendidas no serviço.

Maria nasceu prematura de 30 semanas na cidade de Crateús e apresentou desconforto respiratório. Devido a esse problema, ela foi encaminhada no mesmo dia em que nasceu para a UTI Neonatal do HRN. Maria Júlia também recebeu assistência na Unidade de Cuidados Especiais e, atualmente, está internada na Enfermaria Mãe Canguru, onde recebe acompanhamento para ganhar peso e conseguir mamar da forma correta. A mãe Mariana Veras Freitas, 20 anos, dona de casa, natural do município de Ararendá, destaca o atendimento recebido pela filha. “Acho muito bom. Vejo a preocupação de todos os profissionais com a minha filha. A gente se sente mais segura com isso. A situação dos nossos bebês envolve muito cuidado”, declara Mariana.

Os pacientes são atendidos por uma equipe formada por médicos neonatologistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, assistente social e psicólogo. A coordenadora de enfermagem da neonatologia, Cristiane Soares, reforça a importância da capacitação dos profissionais para uma boa qualidade no atendimento. “Ao longo desses quatros anos de funcionamento, temos nos qualificado enquanto equipe multiprofissional para prestar uma assistência cada vez melhor aos nossos bebês, e hoje nós somos referência em cuidados clínicos e cirúrgicos na região”, afirma Cristiane.

Em quatro anos, o Hospital Reigonal Norte (HRN), em Sobral, do Governo do Ceará, realizou 5.291 atendimentos de neonatologia, até o último mês de setembro.

Referência regional

A demanda aumentou desde o início dos atendimentos. “Cuidamos dos recém-nascidos que chegam através da emergência, dos que nascem aqui com a gente e os que nascem nos outros hospitais da macrorregião e que precisam de cuidados especiais”, ressalta a coordenadora médica Carla Soares. “A gente recebe todo tipo de patologia que conseguimos tratar aqui. Desde uma prematuridade, asfixia, até uma malformação que necessite de cirurgia mais complexa”, conclui. O serviço conta com 10 leitos na UTI Neonatal, 30 leitos na Unidade de Cuidados Intermediários e nove leitos na Enfermaria Mãe Canguru.

O HRN atende a população de 55 municípios da macrorregião. O hospital terciário, localizado em Sobral, é referência no atendimento em diferentes especialidades como cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia vascular e endovascular, endoscopia alta e baixa, endoscopia respiratória, otorrinolaringologia,, radiologia, obstetrícia, além da neonatologia.

A Organização Nacional de Acreditação (ONA), instituição que certifica requisitos de segurança e gestão integrada até o nível de excelência gerencial, homologou, em 13 de julho, o certificado de Acreditado Pleno – Nível II, concedido ao Hospital Regional Norte (HRN), da rede pública do Governo do Ceará. O HRN é o quarto hospital acreditado do Ceará, sendo o terceiro público a receber essa certificação. A certificação é dada a instituições de saúde que, além de atender aos critérios de segurança, apresentam gestão integrada, com processos ocorrendo de maneira fluida e plena comunicação entre as atividades. O HRN foi o segundo hospital de nível terciário inaugurado no interior do Ceará.

 

Ouça

A coordenadora médica do serviço de Neonatologia do Hospital Regional Norte, Ellana Ribeiro, ressalta a importância desta assistência para os recém-nascidos da macrorregião.