Governo do Ceará entrega escola de Tempo Integral em Cascavel

6 de outubro de 2017 # # # #

Caio Faheina - Repórter
Davi Pinheiro - Fotógrafo

Com a unidade, cerca de 330 alunos têm acesso a ensino de qualidade em horário ampliado. O governador Camilo Santana antecipou, durante a inauguração do espaço, mais investimentos para o município

Os investimentos na educação do Ceará continuam. Após viagem para São Paulo, para apresentar oficialmente Fortaleza como um centro de conexões de voos, o governador Camilo Santana inaugurou, nesta quinta-feira (5), a Escola de Ensino Médio de Tempo Integral (EEMTI) Marconi Coelho Reis, no município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Com a unidade, recebida com entusiasmo pela população, cerca de 330 alunos têm acesso a ensino de qualidade em horário ampliado.

O caminho para um país melhor, garante o chefe do Executivo, é investir, principalmente, nesse modelo de ensino. “Escolas de Tempo Integral são grandes investimentos que temos feito para a educação do nosso Estado. Elas apresentam um sistema que dá mais qualidade de ensino para os alunos” destacou. “Essa escola não fica atrás de qualquer outra, inclusive de particulares, do Brasil”, emendou Camilo Santana.

Para melhorar o acesso à unidade, localizada no bairro Espaço Nobre, o governador antecipou a instalação de calçamento nas vias que ladeiam o prédio. “O que eu puder fazer para ajudar o município de Cascavel, vou fazer”, garantiu. A instalação de areninha, praça do projeto Mais Infância, delegacia, além do Batalhão de Policiamento de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) até março de 2018, em Cascavel, foi compromisso do governador durante o evento.

O equipamento

A escola, que recebeu recursos da ordem de R$ 4,4 milhões, oriundos dos Governos Estadual e Federal, possui seis salas de aula, biblioteca, laboratórios de Línguas, Informática e Ciências, sala para grêmio estudantil e quadra poliesportiva. Além de disciplinas previstas no currículo do Ensino Médio, a unidade permite os alunos optarem por outros conteúdos, como prevenção ao uso de drogas, preparação para o trabalho e prática social, produções voltadas para artes, esportes e lazer, entre outros.

“O sistema de Tempo Integral no Ceará não é mais o mesmo. É uma escola diversificada. Os alunos podem fazer judô, música, arte. Podem se aprofundar em alguma área mais específica”, elencou o secretário da Educação, Idilvan Alencar.

Também presente na inauguração, a prefeita de Cascavel, Ivonete Queiroz, agradeceu a atenção que o governador Camilo Santana tem direcionado para a educação cearense. “Inaugurar uma escola é um ato nobre. É um meio de transformação; é grandioso”, afirmou a gestora. “Isso é prova de que o Ceará tem conseguido alcançar bons resultados”, uniu.

Oportunidades, sonhos e afetos

O gestor da Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 09, onde a escola está incluída, Pedro Sampaio, avalia a nova sede escolar como um avanço para a região, que agora conta com seis escolas de Tempo Integral — sendo quatro de Ensino Profissional e duas unidades de Ensino Médio de Tempo Integral. “É uma possibilidade desses jovens passarem oito horas na escola, com dois lanches, almoço, tendo uma ampliação da jornada escolar com atividades diversificadas”, disse. Para Sampaio, essa estrutura é o diferencial. “Isso permite o aluno montar seu currículo com uma parte da carga horária com disciplinas eletivas. É um diferencial para a própria política nacional de implantação do Ensino Médio de Tempo Integral”, analisou.

As disciplinas optativas, narra a estudante Lígia Nogueira, já ajudam a nortear a vida profissional. Ela ainda compara o método de ensino da atual escola com o da antiga, que não apresentava o modelo de Tempo Integral.

“Aqui, tudo é bom.Tem mais oportunidades em relação à escola onde estudava antes. E com as eletivas, a gente pode escolher de acordo com o que a gente quer se formar, porque são ofertadas áreas diversas “, antecipou-se. Para a estudante do 1º ano do Ensino Médio, os próximos dois anos que antecedem o vestibular serão focados para um sonho: “ser médica ou dentista”. “E, aqui, eu já estudo áreas que são da saúde, o que já ajuda”, sublinhou.

Mas a formação em uma unidade de Tempo Integral não é só acadêmica, como destaca a diretora na escola, Iara Valente. Vai além das salas de aula. “A formação que trabalhamos nesta escola traz uma nova perspectiva na vida jovens. Não preparamos apenas com conteúdos acadêmicos, mas para a vida. Trabalhamos a afetividade, o cotidiano, o trato com as pessoas, a questão emocional”, enumera a gestora. “Muitos pais já vieram conversar comigo sobre os filhos terem mudado o comportamento. E esse “mudar” é processual. A gente trabalha tudo isso aqui. E é uma escola que acolhe todos”, ensinou.

Marconi Coelho Reis, um legado na educação

Foi com um misto de alegria e saudade que a professora Marilane Reis, 52, irmã do educador que nomeia a nova escola de Tempo Integral de Cascavel, chegou para a inauguração da unidade. “A alegria era por saber o quanto ele foi importante. Não é qualquer pessoa que leva o nome de uma escola, né? ”, sorriu. Já a saudade, ela se emociona, é por não poder abraçar mais o irmão, falecido em 2013, aos 49 anos.

Marconi é reconhecido pela comunidade escolar como um modelo de educador. Incentivador, alegre, inquieto, intenso. É assim que Marilane o descreve. “Ele trabalhava todos os sábados e domingos. Colocava os alunos num ônibus, fazia aula de campo, inscrevia os estudantes nos vestibulares. E vibrava por cada um que passava. Parecia que eles eram filhos dele”, rememorou a irmã. “Fiquei imaginando ele no meio dessa juventude…”, idealizou. E legitimou: “Ele nunca vai ser esquecido”.

Saiba mais

A Crede 09, sediada no município de Horizonte, dispõe de 17 escolas estaduais, sendo quatro Escolas Profissionais, um Centro de Educação de Jovens e Adultos, dez escolas de Ensino Regular, e, agora, com duas Escolas de Ensino Médio de Tempo Integral.

A construção da nova EEMTI de Cascavel foi acompanhada pela Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra), por meio do Departamento de Arquitetura e Engenharia (DAE).

 

Ouça:

O caminho para um país melhor, segundo Camilo Santana, é investir, principalmente, nesse modelo de ensino.