Hospital César Cals amplia atendimento do serviço social

6 de outubro de 2017 # # #

Wescley Jorge - Assessoria de Comunicação do HGCC

Procurando estar sempre mais próximo, garantindo a segurança do paciente e o cuidado intensivo e humanizado, o atendimento do Serviço Social do Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), da rede pública do Governo do Ceará, foi ampliado. Desde o último domingo, 1º de outubro, os pacientes e acompanhantes são acolhidos 24 horas pelas assistentes sociais do hospital. Agora, com o atendimento ampliado, o usuário terá mais um suporte, além do plantão administrativo do Núcleo de Atendimento ao Cliente do HGCC.

“O Hospital César Cals busca oferecer um serviço de qualidade além da atenção médica, de enfermagem, fisioterapia, farmácia, entre outras áreas da saúde, atuando de maneira ampla, adequada e com plenitude também nas questões sociais”, destaca Manoel Pedro Guedes Guimarães, diretor técnico do HGCC. Para ele, o Serviço Social é um instrumento de ligação entre o hospital e o paciente e essencial para a resolutividade de questões sociais apresentados pelos pacientes.

Serviço Social

De acordo com Celi Barros Barbosa, chefe do Serviço Social do HGCC, a ampliação traz benefícios para o usuário e também permite mais agilidade ao serviço como um todo, favorecendo atendimento em qualquer momento do dia. “É uma maneira de atendermos o usuário com mais qualidade, como no atendimento da emergência e maior resolutividade das questões demandadas durante o período noturno”, afirma.

No turno da noite, são realizados serviços como avaliação social de acompanhante em situações específicas, atendimento de demanda espontânea no plantão social, relacionados com a emergência obstétrica, notificação de nascimento e também de óbito, liberações de alta, ficha social para os pacientes transferidos de outras unidades, além de demandas internas dos pacientes e articulações com todo o serviço assistencial noturno. “Estamos melhorando ainda mais a excelência dos nossos serviços no período da noite e, com isso, otimizar o tratamento do paciente em sua totalidade”, ressalta Manoel Pedro. Em quatro noites, já foram realizados 50 atendimentos.