Oficina capacita servidores da CGE para implantação de Programa de Integridade no Estado

20 de outubro de 2017 # # # #

CGE - Assessoria de Comunicação

O programa visa sistematizar práticas de controle interno, de gestão de riscos e de governança dentro do Estado

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), em parceria com a Escola de Gestão Pública (EGP), promoveu, na última quinta (19) e nesta sexta-feira (20), a Oficina para Implementação do Programa de Integridade do Controle Interno do Poder Executivo Estadual. A capacitação voltada para servidores da CGE foi ministrada pelo auditor federal de finanças e controle do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU),Daniel Espínola.

Presente durante a oficina, o secretário adjunto da CGE, Marconi Lemos, destacou a importância de qualificar os servidores que atuarão no processo de implantação do programa. “Um de nossos objetivos com a implementação do Programa de Integridade é descentralizar práticas de controle interno, de gestão de riscos e de governança dentro Estado. Da seguinte forma, torna-se quase que essencial a qualificação de cada técnico e articulador que atuará nesse processo, pois eles serão os responsáveis por difundir e acompanhar a implementação do programa em cada órgão e secretaria estadual”, afirmou.

Já para o auditor federal de finanças e controle CGU, Daniel Espínola, a oficina também possibilitou a troca de experiências entre os dois órgãos de controle. “Durante esse primeiro encontro que tivemos com a CGE, nós pudemos apresentar iniciativas desenvolvidas pela CGU no âmbito do controle interno, difundindo a importância da implementação de programas de integridade não só na União como nos demais estados e municípios”, pontuou.

Entenda

Desde o início deste ano, a CGE vem trabalhando no processo de implantação do Programa de Integridade do Controle Interno. Em agosto deste ano, a CGE, em parceria com o Banco Mundial e o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), realizou, o seminário “Controles Internos, Gestão de Riscos e Programa de Integridade”. O evento contou com cerca de 200 pessoas, entre secretários de Estado, autoridades municipais e servidores públicos atuantes nas áreas de controle interno.