Sejus realiza julgamento de anistia de ex-líder estudantil

20 de outubro de 2017 # # # #

Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará - Assessoria de Comunicação

O movimento estudantil foi uma das principais resistências à ditadura militar no Brasil. Reconhecendo os efeitos das prisões políticas desse período, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), através da Comissão Especial de Anistia Wanda Sidou (CEAWS), realiza na próxima segunda-feira (23), a sessão extraordinária de julgamento de anistia estadual de Vera Rocha Pereira, ex-líder estudantil. O julgamento ocorrerá às 14 horas no auditório do Colégio Liceu do Ceará

Vera Rocha participou da liderança do movimento estudantil do Liceu do Ceará, que lutou contra a ditadura na década de 60. Perseguida no Estado e posteriormente presa no Recife, ela fez parte do grupo de 70 guerrilheiros libertados e banidos do país em troca do embaixador da Suíça. Ao todo, Vera passou oito anos exilada.

Na ocasião, a comissão apresentará o histórico de Vera e realizará o pedido de perdão do Estado pelos transtornos causados durante o período da prisão.

Sobre a CEAWS

A Comissão de Anistia trabalha acolhendo e avaliando pedidos de julgamento e indenização de ex-presos políticos que estiveram reclusos sob a custódia do estado do Ceará entre 1961 e 1979, tendo sofrido comprometimentos físicos e psicológicos.

SERVIÇO

Sessão para julgamento do processo de anistia estadual de Vera Rocha Pereira

Data: 23 de outubro

Horário: 14h

Local: Liceu do Ceará – Rua Liberato Barroso, s/n, Jacarecanga