Secretaria capacita no manejo da hemorragia obstétrica pós-parto

24 de outubro de 2017 # # # #

Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel - Assessoria de Comunicação da Sesa
(85) 3101.5221 / 3101.5220 - www.facebook.com/SaudeCeara

A Secretaria da Saúde do Ceará dá seguimento à segunda fase do Projeto Zero Morte Materna por Hemorragia e realiza nos dias 25 e 26, em Quixadá, a terceira edição do curso Manejo Obstétrico da Hemorragia Pós-Parto e Pós-Abortamento. O curso formará 60 facilitadores dos serviços de referência em saúde e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Ceará) dos 35 municípios das macrorregiões de Saúde do Sertão Central e do Litoral Leste/Jaguaribe.

Além do manejo da hemorragia obstétrica, os profissionais de saúde serão capacitados também no funcionamento e uso correto do traje antichoque não pneumático (TAN), que serão utilizados para garantir a continuidade do fluxo sanguíneo em órgãos vitais de pacientes com hemorragia em locais remotos.

O Projeto Zero Morte Materna por Hemorragia é promovido pela Secretaria da Saúde do Ceará, em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). A intenção é combater a hemorragia pós-parto e pós-abortamento, a segunda causa de morte materna no Brasil e 15% de todas as mortes no país.

O curso Manejo Obstétrico da Hemorragia Pós-Parto e Pós-Abortamento já teve duas edições em Fortaleza e nele são abordados temas como manejo ativo do terceiro período do trabalho de parto, manejo da hemorragia pós-parto, código vermelho obstétrico, manejo da mulher em situação de “near miss” com hemorragia obstétrica. A finalidade é estruturar o processo de qualificação e atenção às situações de morbimortalidade em mulheres com hemorragia pós-parto, principalmente em áreas remotas e de pouco acesso às tecnologias de cuidado.

 

Mais informações com o Núcleo de Saúde da Mulher, Adolescente e Criança (Nusmac/Copas/Sesa), responsável pelo curso. (85) 3101.5201/ 3101.5282/ 3101.5193/ nusmac.saude@gmail.com