Bailarino do Porto Iracema apresenta dois espetáculos na XI Bienal Internacional de Dança do Ceará

26 de outubro de 2017 # # #

Raphaelle Batista - Assessoria de Comunicação
Luiz Alves - Fotógrafo

Evento acontece de 19 a 29 de outubro em Fortaleza e mais seis cidades do Estado, com 80 apresentações do Brasil e de mais sete países. Evento acontece de 19 a 29 de outubro em Fortaleza e mais seis cidades do Estado, com 80 apresentações do Brasil e de mais sete países. 

O bailarino e coreógrafo do Porto Iracema das Artes, Luiz Otávio Queiroz, integra duas das 80 apresentações artísticas da 11ª edição da Bienal Internacional de Dança do Ceará. No dia 27, o artista apresenta o espetáculo “Z O O M – o  processo  em  foco”, às 22h, no Galpão da Cena, em Itapipoca, interior do Ceará. E no dia 29, às 19h30, apresenta “O pensamento se  faz  na boca”, no Sesc Iracema, em Fortaleza. As duas apresentações, como todo o evento, são totalmente gratuitas.

O espetáculo Z O O M – o processo em foco foi desenvolvido por Luiz Otávio em 2010. Nele, o artista teve como finalidade pôr em prática a sua pesquisa de movimento em dança contemporânea e baseou a estrutura em três aspectos de pesquisa teórica e prática: o movimento minimalista, a improvisação e a fotografia. O espetáculo tem indicação livre e duração de 40 minutos.

Já no solo O pensamento se faz na boca (2016), o dançarino vivencia um encontro entre o corpo e a memória. Luiz Otávio compôs a pesquisa da dança baseado no pensamento agressivo e niilista de Tristan Tzara, na subversividade de Marcel Duchamp e na composição cênica improvisacional. A apresentação tem duração de 40 minutos e indicação livre.

SOBRE O ARTISTA

Luiz Otávio Queiroz é bailarino, ator, coreógrafo, professor e produtor cultural. Começou seus estudos em arte no ano de 2006 no Curso de Cinema e Vídeo na Casa Amarela Eusélio de Oliveira (CAEO). Foi aluno da última turma do Curso de Arte Dramática da Universidade Federal do Ceará (UFC), em 2008. Foi ator, diretor e coreógrafo do grupo Teatro Vitrine entre os anos de 2006 a 2013. Ministrou o Curso de Extensão Corpo Discurso, promovido pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE), em 2010. Foi integrante da Cia. Dita (CE) de 2012 a 2017. Participou de cursos com professores e grupos renomados, como Carlos Simioni (LUME) e Tadashi Endo (MAMU BUTOH CENTRE), Grupo Clipa Theater (Israel), Grupo Los Corderos (Espanha), Francesco Scavetta (Itália), José Vidal (Chile), Regina Advento (Brasil), Susan Alexander(USA), Vinciane Gombrowicz(França) e Alexandre Munz (França).

A BIENAL

Este ano, a Bienal Internacional de Dança do Ceará celebra 20 anos de existência. De 19 a 29 de outubro, Fortaleza (20 a 29), Sobral (19 a 22/10), Paracuru (20 e 21/10), Trairí (20 e 21/10), Aquiraz (21 e 22/10), Juazeiro do Norte (25 e 26/10) e Itapipoca (27 a 28) receberão apresentações de 25 companhias locais, nove nacionais e nove apresentações de mais sete países. Para saber mais, clique AQUI. (http://www.bienaldedanca.com/2017/site/index.html)