Capacitação beneficiará 160 dependentes químicos em tratamento até o final de 2017

26 de outubro de 2017 # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação da SPD
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br
(85) 3238.5090 / 99910.3443

Projeto Criando Oportunidades proporciona cursos profissionalizantes gratuitos

Cento e sessenta acolhidos em Comunidades Terapêuticas (CTs) que prestam serviço à Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) concluirão cursos de capacitação até o final do ano. O aprendizado está sendo viabilizado pela SPD em parceria com a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) do Governo do Ceará no âmbito do Projeto Criando Oportunidades.

A qualificação profissional gratuita foi iniciada, em setembro passado, em oito CTs localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza, Litoral Leste, Cariri e Zona Norte do Estado. Com o término das aulas, os participantes se tornarão aptos para o mercado de trabalho. A maioria dos alunos não tem qualquer tipo de habilitação profissional, o que dificultaria a ressocialização após a conclusão do tratamento da dependência química.

As opções de qualificação disponibilizadas este ano são: confeiteiro (doces e salgados), eletricista predial, cabeleireiro, barbeiro, pintura e textura em paredes e confecção de sabonete artesanal e embalagens. São ofícios que apresentam boa demanda por profissionais no mercado de trabalho, o que contribui para o aproveitamento da mão de obra qualificada.

O Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Indesa) é uma das ONGs responsáveis pela execução do projeto de capacitação nas CTs. As demais são o Instituto para o Desenvolvimento Tecnológico e Social (Idear), a Organização Barreira Amigos Solidários (Obas) e a Associação Aliança Comunitária Cearense (AACC).

Ao final das aulas, os beneficiados recebem certificado de conclusão do respectivo curso e participam do sorteio de kits contendo equipamentos básicos para que possam dar os primeiros passos na nova profissão em que foram capacitados após concluírem o tratamento.

Os cursos têm o acompanhamento da Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD. A duração é cerca de 100 horas/aula. Uma articulação da SPD com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) facilita a inserção dos novos profissionais no cadastro de empregos e geração de renda.

Titular da SPD, a secretária Aline Bezerra Câncio destaca que a reinserção social e profissional de dependentes químicos é um dos eixos de atuação da
pasta. A gestora ressalta que a reinserção é a última etapa do tratamento, sendo determinante na recuperação do dependente químico.

A secretária Aline Bezerra Câncio faz questão de acompanhar, pessoalmente, o início e término dos cursos nas CTs contempladas e já confirmou presença na comunidade Instituto Volta ao Caminho (IVC), em Maranguape, na próxima segunda-feira, às 14 horas. Na ocasião, ocorrerá a aula inaugural do curso gratuito de eletricista predial para 20 acolhidos na instituição.