Solenidade marca centenário de estação de trem de Caucaia

27 de outubro de 2017 # # #

Pedro Alves - Cia Cearense de Transportes Metropolitanos
imprensa@metrofor.ce.gov.br
85 31017115 996047697
Ascom/Metrofor- Foto

Uma cerimônia em homenagem ao centenário da estação de trem de Caucaia, completado no último dia 12 de outubro, foi realizada nesta quinta-feira (26), reunindo membros da Prefeitura de Caucaia, do Metrofor e representantes dos gestores que inauguraram a estação, há cem anos, além de estudantes e uma banda musical.

Uma cerimônia em homenagem ao centenário da estação de trem de Caucaia, completado no último dia 12 de outubro, foi realizada nesta quinta-feira (26), reunindo membros da Prefeitura de Caucaia, do Metrofor e representantes dos gestores que inauguraram a estação, há cem anos, além de estudantes e uma banda musical. A solenidade foi marcada pelo sentimento de orgulho e saudosismo. Ao final, a estação ganhou uma nova placa, registrando a passagem do centenário.

O coordenador de Relações Comunitárias do Metrofor, Fernando Mota, fez um resgaste histórico das ferrovias cearenses e falou da alegria do Metrofor em comemorar o centenário da estação. “O Metrofor sempre pautou sua conduta na luta pela preservação e utilização dos equipamentos históricos”, disse.

Foram lembrados na ocasião alguns nomes que fizeram parte da inauguração da estação, em 1917, como o prefeito da época, Fausto Dário Sales. Em nome dele, sua bisneta, a vereadora Germana Sales, agradeceu a homenagem e disse estar feliz em relembrar a gestão de seu bisavô no município. Também foi lembrado o padre que abençoou a estação no dia da abertura, José Romualdo de Sousa.

O secretário de Turismo e Cultura de Caucaia, Paulo de Tarso Magalhães Guerra, disse que seu pai viveu intensamente as idas e vindas dos trens, em sua rotina. “O passado deve ser respeitado. Os símbolos, as conquistas, as tradições e os marcos históricos devem ser valorizados porque contém e perpetuam as experiências”, afirmou. O pesquisador Francisco Antônio Cavalcante de Menezes, conhecido como Padre Tula, participou da solenidade e disse que “um povo sem cultura e raízes, é um povo fadado ao fracasso e insucesso”. Ele abençoou a estação de Caucaia em seu centenário, repetindo gesto do dia da inauguração.

Também participaram da solenidade a professora e representante da Academia de Letras e Artes de Caucaia, Yara Guerra Silva, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, Vera Lúcia Correia Lima, o manobrista mais antigo do Metrô de Fortaleza, com 33 anos de serviços, Djaci Soares. O som da solenidade foi conduzido pela Banda Municipal de Caucaia.

Leia mais sobre a história da estação:
Estação de trem de Caucaia completa um século