Alunos do Porto disputam final do Festival de Games do SBGames 2017 em Curitiba

2 de novembro de 2017 # # # # # # #

Raphaelle Batista - Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes
(85) 99700-1050 / 98156-6472 / 3219.5865 / 3219.5842

A edição 2017 do Festival de Jogos do XVI Simpósio Brasileiro de Jogos e Entretenimento Digital (SBGames), que inicia nesta quinta-feira, 2, e segue até sábado, 4 de novembro, em Curitiba, no Paraná, conta com cearenses na final. Dez alunos do Curso Técnico em Computação Gráfica do Porto Iracema das Artes representam o Estado com os gameboards (jogos de tabuleiro) “Assalto ao Vilarejo” e “Olis contra Devoratrix”.

“Estamos muito felizes de participar, entre tantos inscritos fomos selecionados e isso é super positivo. Vamos ficar aqui ansiosos pelo resultado, esperando os três representantes da escola que irão para o evento”, destacou Bárbara Farinelli, uma das desenvolvedoras do jogo Olis contra Devoratrix.

Os dois jogos de tabuleiro foram desenvolvidos em 2016, quando os estudantes estavam no segundo semestre do curso. Atualmente, os estudantes estão no último semestre. “Assalto ao Vilarejo” e “Olis contra Devoratrix” foram selecionados na categoria Melhor Jogo de Outras Plataformas junto a outros nove. Este ano, o simpósio bateu recorde, com 274 inscritos.

SOBRE OS JOGOS

Olis contra Devoratrix é um “Dungeon Crawler” focado em coleta de recursos. Seu principal objetivo é conseguir a quantidade necessária de relíquias para selar Devoratrix. Antes presa no centro do planeta, hoje a criatura consome o mundo. O jogo é cooperativo e cada jogador é um Oli. Seguindo pelas entranhas do inimigo, os Olis buscam juntar os fragmentos do único poder que pode enviar Devoratrix novamente para o abismo.

O jogo foi desenvolvido pelos alunos Artur Ferreira, Bárbara Farinelli, Brendo Paz, Eduardo Bruno, Davi Braga e Lucas Maia. Veja o gameplay no link.

Assalto ao Vilarejo é um jogo inspirado em Werewolf, no qual os jogadores deverão deduzir que personagem cada jogador é: aldeão ou ladrão. Os aldeões não sabem quem são os ladrões e deverão descobri-los para que, dessa forma, possam incriminá-los. Já os ladrões devem roubar os outros jogadores e blefar para tentar incriminar os aldeões e, assim, vencer o jogo. Com o dinheiro, os jogadores poderão comprar cartas de ação úteis para vários fins.

A equipe que desenvolveu o jogo é formada por Ana Maria Domingos, Sabrina Souza, Breno Sousa, Jéssica Aquino e Manoel Marinho. Para ver o gameplay, clique no link.

SOBRE O SBGAMES

O SBGames é o maior evento acadêmico da América Latina na área de Jogos e Entretenimento Digital. Realizado pela Sociedade Brasileira de Computação, o evento reúne pesquisadores, estudantes e empresários que têm os jogos eletrônicos como objeto de investigação e produto de desenvolvimento. Anualmente são recebidos cerca de mil participantes de diferentes regiões do Brasil e de países como Peru, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Inglaterra, Portugal, dentre outros.

No seu formato atual, o SBGames é composto de quatro trilhas (Computação, Artes e Design, Indústria, Cultura), além do Festival de Jogos, Mostra de Arte e Tutoriais. As trilhas apresentam artigos e pôsteres, sendo que a trilha da Indústria também inclui painéis e palestras. O Festival de Jogos apresenta protótipos e jogos completos em uma sessão informal dedicada a inovação, técnica, imaginação e emergência de novos talentos. O SBGames 2017 acontece nos dias 2 a 4 de Novembro, na Pontífica Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Mais informações no site e na página do SBGames no Facebook.