Izolda Cela e Onélia Santana participam do VII Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância

8 de novembro de 2017 # # # # #

Déborah Vanessa e Wiarlen Ribeiro - Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama
deborah.vanessa@gabgov.ce.gov.br / wiarlen.ribeiro@casacivil.ce.gov.br
(85) 3254.4028 / 98957.0292 / 98878.7348

Izolda Cela e Onélia Santana participam do VII Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância

A vice-governadora Izolda Cela e a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, participaram, nesta terça-feira (7), da sétima edição do Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, realizado no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, que teve como tema “Práticas efetivas para uma política integrada”. O evento promove discussão entre gestores e lideranças públicas, apresentando conceitos e experiências práticas em diversas realidades nacionais e internacionais para o desenvolvimento da primeira infância.

Durante a abertura do simpósio, Izolda Cela destacou o compromisso do Governo do Ceará com a primeira infância. “Na gestão do governador Camilo, a primeira infância ganha uma atenção importantíssima com a dedicação da primeira-dama Onélia, que escolheu essa área para atuar. O Programa Mais Infância Ceará, que é uma política idealizada por ela, tem a missão de articular ações das diversas secretarias para o bem da criança. E esse simpósio vem só acrescentar ao trabalho que já realizamos no Estado”, afirmou.

O evento promove discussão entre gestores e lideranças públicas, apresentando conceitos e experiências práticas em diversas realidades nacionais e internacionais para o desenvolvimento da primeira infância.

A primeira-dama do Ceará Onélia Santana destaca a importância da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, parceira na realização do Simpósio, nas políticas voltadas para infância. “Ficamos felizes em abraçar a Fundação, que é uma parceira desde o início do Programa Mais Infância Ceará e que tem um trabalho belíssimo no país fomentando discussões para a infância nas políticas municipais, estaduais e federais, discutindo a temática com gestores nacionais e locais. Então, o Governo do Ceará está junto nesse Simpósio Internacional, que confirma estarmos no caminho certo, trabalhando as políticas públicas para infância, como fazemos com o Mais Infância Ceará”, salientou.

O evento promove discussão entre gestores e lideranças públicas, apresentando conceitos e experiências práticas em diversas realidades nacionais e internacionais para o desenvolvimento da primeira infância.

Para o diretor-presidente da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, Eduardo Queiroz, a escolha do Ceará para sediar o simpósio deu-se pelo trabalho já realizado pelas administrações na área da infância. “É óbvio trazer o simpósio para o Ceará, pelo trabalho exemplar que os governos estadual e municipal fazem pela educação brasileira. Quando a gente fala de primeira infância não estamos falando só de educação, mas também de desenvolvimento da criança, então envolve saúde educação e desenvolvimento social. Essa intersetorialidade, que existe no Programa Mais Infância Ceará, por exemplo, ajuda a trabalhar desigualdade nesse país. Não tenho dúvidas de que ele seja exemplo de política pública para todo o país”, destacou.

A gerente de Avaliação e Desenvolvimento Profissional da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) de Goiás, Gislainy Jorge Mesquita, esteve no simpósio e relatou a importância do Programa Mais Infância Ceará e como ele influenciou nas políticas para infância implantadas no Estado do centro-oeste brasileiro. “O modelo de primeira infância do Ceará é inspirador e foi através dele que viemos buscar as experiências do Estado. Conhecemos o Padin, todo o programa do Paic, do MaisPaic, conhecemos os técnicos, visitamos as creches e, a partir daí, construímos um modelo para Goiás. Então, o que nós aprendemos com o Ceará serviu como base para convencer os gestores goianos da necessidade de se investir nas crianças”, enfatizou.

O prefeito Roberto Cláudio esteve no encerramento do evento e destacou o trabalho realizado pela administração municipal na primeira infância. “Desenvolvemos o primeiro Plano Municipal da Primeira Infância entre as capitais brasileiras e já passamos a implantá-lo durante o primeiro governo. Esse tipo de investimento é vitorioso mundo afora. E isso a gente quer continuar a fazer, expandindo-o ao longo do segundo mandato. A gente não pode ficar fora desta luta, que é global, de proteger e estimular o desenvolvimento integral na primeira infância”, disse.

O evento promove discussão entre gestores e lideranças públicas, apresentando conceitos e experiências práticas em diversas realidades nacionais e internacionais para o desenvolvimento da primeira infância.

Parceria

Realizado em parceria com o Governo do Ceará, por meio do Programa Mais Infância Ceará, e a Prefeitura de Fortaleza, o simpósio tem a organização do Núcleo Ciência Pela Infância (NCPI) – uma iniciativa colaborativa formada pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, Center on the Developing Child da Universidade de Harvard (CDC), Insper, David Rockefeller Center for Latin American Studies da Universidade de Harvard (DRCLAS), Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Hospital Infantil Sabará. É a segunda vez que uma cidade do nordeste recebe o evento, que no ano passado foi sediado em Recife (PE).