Bancos de leite do Ceará são referência em encontro nacional

11 de dezembro de 2017 # # #

Wescley Jorge - Assessoria de Comunicação do HGCC
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel - Assessoria de Comunicação da Sesa

 

Em reconhecimento à qualidade e segurança do serviço prestado à população cearense, o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Hospital Infantil Albert Sabin (Hias) e Hospital Geral de Fortaleza (HGF), em Fortaleza, e o Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, todos da rede pública do Governo do Ceará, foram credenciados com o Conceito A durante o Encontro Nacional de Referências Estaduais para Bancos de Leite Humano. O evento, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pela Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, ocorreu no Rio de Janeiro, de 29 de novembro a 1º de dezembro.

Os quatro hospitais foram receberam o conceito máximo sob os critérios de “Regularidade na alimentação do sistema de informação da rBLH-BR” e “Aptidão do quadro funcional para os processos de trabalho em BLH”. Além do Conceito A, o banco de leite do Hospital César Cals foi agraciado com o Diploma de Reconhecimento Público da Associação Brasileira de Profissionais de Bancos de Leite Humano e Aleitamento Materno (ABPBLH-AM) pela atuação relevante na promoção do aleitamento materno. De acordo com o diploma, o HGCC recebeu destaque pelo “o notável saber técnico-científico e pelos relevantes serviços prestados à causa pública e à classe dos profissionais”.

Segundo Maria do Socorro Nogueira, responsável técnica do BLH/ HGCC, que esteve representando os hospitais da rede estadual no evento, os bancos de leite obedecem a todos os processos da Rede Global de Bancos de Leite Humano, com equipamentos necessários para o processamento e pasteurização do leite, além de contar com profissionais especializados e qualificados. Ela também destacou que durante o encontro foram traçadas novas estratégias para o acompanhamento e monitoramento das ações dos bancos para os próximos credenciamentos. “O acompanhamento e monitoramento acontecerá mensalmente”, explica.

Na mesma categoria foram credenciados também a Maternidade Escola Assis Chateaubriand, de Fortaleza, o Hospital e Maternidade Jesus Maria José, de Quixadá, Hospital e Maternidade São Vicente de Paulo, de Barbalha, e o Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda, de Maracanaú. O Hospital Municipal São Lucas, de Juazeiro do Norte, foi credenciado na Categoria C.