Doação de leite materno ajuda recuperação de bebês no Hospital César Cals

19 de dezembro de 2017 # # # #

Wescley Jorge - Assessoria de Comunicação do HGCC

Com a chegada dos feriados de Natal e Ano Novo e das férias, as doações de leite materno costumam diminuir e com isso afetar os bebês que estão internados na Unidade Neonatal, especialmente os prematuros. Para que isso não aconteça, o banco de leite humano do Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Ceará, convida as mães que estão amamentando para doar leite e reforçar o estoque.

“Nessa época do ano, precisamos ainda mais da solidariedade das mães que estão amamentando para fazer a doação”, é o que diz Gilvânia Cambraia, enfermeira do banco. Ela reforça que as mães que ainda não doam, mas sentem vontade e não sabem como proceder, basta ligar para o número gratuito 0800 286 5678 para tirar as dúvidas e receber as orientações. “Estamos disponíveis 24 horas por dia para atendermos por telefone e também no próprio banco”, enfatiza a enfermeira.

Com quase dois meses acompanhando a filha Ana Júlia, que nasceu prematura de pouco mais de sete meses e está internada na Unidade de Terapia Neonatal do HGCC, a dona de casa Erika Cristina Carneiro Reis já sabe como vai ser quando for para casa após a alta. “Quando eu estiver em casa, eu também quero me tornar uma doadora de leite”, afirma. Ela diz reconhecer a importância do trabalho feito para promover a recuperação dos bebês.

Todo dia, assim como outras mães, ela vai ao banco de leite pelo menos quatro vezes para retirar o leite e levar para a filha. Segundo Erika, a pequena Ana Júlia já está bem, se recuperando a cada dia. “Quando ela sair da medicação e conseguir mamar, vamos para o Canguru”, declara Érika. Com toda atenção e estrutura da UTI aliada ao leite materno, o tempo de internação pode ser reduzido pela metade, favorecendo a recuperação. Isso sé possível com a dedicação e solicitude das mães doadoras e das mães que acompanham os filhos internados e participam ativamente dos cuidados.

De janeiro a novembro deste ano, o banco de leite do HGCC realizou 4.131 atendimentos individuais, 1.038 visitas domiciliares. Já foram coletados 1.478,3 litros de leite e distribuídos 823,5 litros para as unidades neonatais, que beneficiou 2.782 recém-nascidos. Tudo isso só foi possível com a participação de 3.053 mães que doaram e ajudaram a salvar vidas.

Como doar leite materno

Doar é fácil e faz bem. Toda mãe que amamenta pode fazer a doação. Ela precisa apenas ordenhar o excesso de leite e guardar no congelador, num vidro limpo e esterilizado, com tampa plástica, identificado com nome completo e a data da primeira coleta. O leite guardado pode ficar no congelador entre sete e 10 dias. Após esse procedimento, é só ligar para o banco de leite do HGCC, por meio do número gratuito 0800 286 5678. Pode ligar a qualquer hora, pois o banco funciona 24 horas por dia. E sobre a entrega? Nem precisa se preocupar. O banco de leite manda buscar em casa a doação. O Hospital César Cals também fornece os vidros esterilizados para dar continuidade à doação. Junto com eles, vai também o panfleto de informação e orientação. O atendimento pode ser por telefone, pelo número gratuito 0800 286 5678, ou pessoalmente, na Avenida Imperador, 545, Centro, Fortaleza.