Governo entrega notebooks a estudantes de destaque na rede estadual

19 de dezembro de 2017 # # # # #

André Victor Rodrigues - Repórter
Marcos Studart - Fotógrafo

No propósito de estimular ainda mais os bons resultados na Educação, o Governo do Ceará entregou nesta terça-feira (19) o Prêmio Aprender pra Valer a alunos de destaque acadêmico no Ensino Médio da rede estadual. Cada estudante cearense premiado recebeu um notebook. A premiação ocorreu com a presença do governador Camilo Santana, acompanhado da vice-governadora, Izolda Cela, do secretário da Educação, Idilvan Alencar, dentre outras autoridades e lideranças políticas.

Realizado na sede da Secretaria da Educação (Seduc), o evento reuniu cerca de mil estudantes para representar o total de 20.430 premiados neste final de ano. Antes, em agosto de 2017, 20.155 alunos já haviam sido agraciados com a entrega de notebooks. O Governo do Ceará investiu, ao todo, 34,5 milhões na ação.

Camilo Santana destacou que a importância dessa política está no trabalho para que a juventude cearense siga determinada em concluir o Ensino Médio com qualidade e continuar os estudos, em busca de mais oportunidades no futuro proporcionadas pelo ensino.

“A gente precisa fortalecer cada vez mais a política da meritocracia, tanto de professores quanto de alunos, das escolas, e isso tem trazido grandes resultados para o Ceará. Essa entrega é uma forma de estimular o aluno a estudar mais, além do equipamento ser muito útil para todos aprofundarem melhor os seus estudos, na universidade e no mercado de trabalho”, disse o chefe do Executivo.

Para exemplificar outras importantes ações do governo neste sentido, o governador citou a recente CNH Estudantil, que beneficiará oito mil estudantes com notas de destaque na conclusão do Ensino Médio. “São todas ações fundamentais para que o Ceará siga colhendo bons resultados nas escolas”.

Também prestigiaram o evento na Seduc os deputados estaduais Walter Cavalcante, Tomaz Holanda, Yuri Guerra e Sergio Aguiar.

Empolgação e resultados

Ao som de muita música e reunidos em grupos de amigos, os estudantes da rede estadual de ensino participaram do evento com semblantes de comemoração. Para eles, além do notebook recebido, importava a satisfação de se aproximar com segurança das chances de se destacar no Ensino Superior.

Determinada em se graduar em curso na área da Saúde, a estudante Maria Vitória Moraes, 17, é testemunha de que a premiação tem feito ela e seus colegas olharem com mais gosto para as horas dedicadas ao estudo. “Essa forma de estímulo acaba fazendo o povo estudar e acaba que a maioria alcance o êxito. Sem incentivo, dificilmente o povo vai dar a real importância ao aprendizado e aos estudos”, afirmou.

Sobre a premiação

O Prêmio Aprender pra Valer foi criado em 2009 pelo Governo do Ceará. Para receber o benefício, os alunos devem alcançar alta pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou resultado positivo em Língua Portuguesa e Matemática segundo o Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece). O número de agraciados tem crescido desde a implantação do prêmio. No primeiro ano da ação estadual, 813 alunos foram agraciados.

O secretário da Educação, Idilvan Alencar, observou que essa política integra uma série de planos sólidos do Governo do Ceará, que acompanha o aluno da rede estadual desde antes da alfabetização até o seu ingresso a um curso do Ensino Superior.

“A educação pública do Estado do Ceará contempla desde 0 ano até o Ensino Médio. Temos estímulos ao bom desempenho dos jovens com entrega de notebook, carteira popular (CNH Estudantil), e o Avance – Bolsa Universitário, que dá auxílio financeiro a alunos da rede estadual nos seus primeiros meses de universidade. Para as crianças, tem o maior programa nacional, que é o PAIC (Programa de Aprendizagem na Idade Certa), que foi ampliado com o Mais PAIC e o Padin (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil)”, exemplificou.

Melhoras nos índices

O índice de aprovação dos alunos das escolas públicas estaduais no Ensino Superior está aumentando. Em 2016, 13.516 estudantes garantiram ingresso em instituições públicas e privadas, representando um crescimento de 35% comparado a 2015, que teve 10.035 aprovações.

Em palavra voltada aos estudantes, a vice-governadora Izolda Cela discursou sobre a relevância dos alunos se engajarem e “contagiarem” colegas com a vontade de aprender e estudar para alcançar um futuro melhor. Ela destacou que esse é o caminho mais eficiente para se ter uma sociedade mais justa, com menos violência e melhor de se viver.

“Os jovens podem entrar numa grande luta que o governo está empenhado. É ter nenhum a menos nas escolas do Ceará. O abandono dos estudos ainda existe, e é um perigo muito grande. A própria juventude precisa entrar nessa corrente, para fazer chegar à escola informações de pessoas que estejam desistindo. Não vamos deixar que nenhuma criança ou jovem abandone a escola. Com isso, certamente construiremos uma sociedade cada vez melhor”, pontuou.