Governo do Ceará beneficia 2 mil pessoas com entrega de casas em Canindé

20 de dezembro de 2017 # # #

Caio Faheina - Repórter
Davi Pinheiro - Fotógrafo

 

Até o fim deste ano, mais de 800 famílias serão contempladas com moradias do Programa Minha Casa Minha Vida no Estado

Morar em casa própria é um dos principais sonhos de qualquer brasileiro. Em Canindé, no Sertão Central do Ceará, esse sonho vai ser possível para cerca de 2 mil pessoas. É que o Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades (SCidades), e em parceria com o Governo Federal, entregou, nesta quarta-feira (20), 495 unidades habitacionais do Residencial Frei Lucas. Localizado no bairro Melado, o conjunto habitacional integra o Programa Minha Casa Minha Vida II.

Durante a solenidade de entrega das moradias, o governador Camilo Santana evidenciou o esforço dos Governos do Estado e Federal para entregar o empreendimento antes do Natal. “A gente queria que vocês, moradores, passassem a noite de Natal dentro da casa própria. Estamos encerrando o ano com muita alegria por isso”, destacou o chefe do Executivo.

O governador também antecipou outras obras na região. “Eu assumi o compromisso de fazer toda uma infraestrutura do corredor religioso de Canindé. Está em processo de licitação. São quase R$ 5 milhões. A grande vocação da cidade é o turismo religioso. Então, é preciso criar uma infraestrutura cada vez melhor para receber bem os romeiros, os turistas. E é importante para economia local”, afirmou. O corredor religioso está previsto para ser entregue no início de 2018. Obras como a da policlínica e a da delegacia também foram citadas pelo gestor para o próximo ano.

Mais moradias

De acordo com o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Nelson de Sousa, mais 300 moradias estão em fase de licitação para a população de Canindé. O número deve subir para mil. “Cuidem desse empreendimento, não vendam. Zelem pelo condomínio, porque ele é de vocês”, orientou Sousa.

Além do Residencial Frei Lucas, outros dois conjuntos habitacionais serão entregues até o fim de 2017: a segunda etapa do Residencial José Euclides, em Fortaleza, que beneficiará 624 famílias; e o residencial Casa Nova Vida Nova, no município de Crateús, beneficiando 180 famílias. Os dois empreendimentos somam 804 unidades.

Conforto e economia

A nova morada para Salete Paulino, de 63 anos, representa mais conforto. É que, atualmente, a agricultora depende da ajuda financeira dos seis filhos e mora de favor na casa de um deles. Mas isso já se estende por 29 anos. “Eu vivi todo esse tempo sem um teto, morando de favor. Como eu não tenho renda, fico dependendo do filho. Ele que me dá assistência, mas ele tem a família dele”, explicou.

Enfrentando dor nas articulações, nos ossos e diagnosticada com depressão, Salete vai dividir o lar com outro filho. “Eu não posso ficar sozinha, né? ”, justificou. Depois de conhecer a nova casa, a agricultora emenda: “Estou muito feliz. Agradeço a Deus e a quem fez essas casas para a gente. Vai ser uma nova vida, né? Nova casa, nova vida”, relacionou.

A canindeense Maria Valdeliane Sousa, 34, assim como Salete, não vê a hora de se mudar para o novo lar com o companheiro e os dois filhos pequenos. A economia, ela conta, é o grande diferencial. “A gente mora de aluguel e metade do dinheiro que a gente ganha vai para isso. Agora vou pagar o que é meu, e a parcela é baixinha”, sorriu.

As unidades

As casas têm cerca de 45,6 metros quadrados, divididos em sala, cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço. As unidades também apresentam aquecedor de água. Todos os cômodos são revestidos com cerâmica.

Saiba mais

Estiveram presentes na ocasião, ainda, a prefeita de Canindé, Maria do Rosário; o deputado federal José Guimarães; os deputados estaduais João Jaime e Elmano de Freitas; e o presidente do Congresso Nacional, o senador Eunício Oliveira.

 

 

Ouça

O governador Camilo Santana falou da sua alegria em poder ter dado início ao sonho da casa própria desses beneficiados e, hoje, realizá-lo.