Onélia Santana inicia série de encontros com os beneficiários do Cartão Mais Infância em Fortaleza

20 de dezembro de 2017 #

Déborah Vanessa e Wiarlen Ribeiro - Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama
Lia de Paula e Marcos Studart - Fotógrafos

O Cartão Mais Infância é mais uma ação do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Ceará Onélia Santana, em prol do desenvolvimento das crianças cearenses

A primeira-dama do Ceará Onélia Santana realizou, nesta quarta-feira (20), no bairro Conjunto Esperança, em Fortaleza, mais um encontro com as famílias contempladas com o Cartão Mais Infância. No total, 2.370 famílias da capital cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, que vivem em situação de vulnerabilidades social, serão beneficiadas com mais essa ação do Programa Mais Infância Ceará.

Para a primeira-dama Onélia, o contato com as famílias é fundamental para saber do que elas precisam. “É na primeira infância que as crianças estão se formando integralmente em todas as suas competências motora e intelectual. Por isso é importante trabalharmos em prol do desenvolvimento de cada uma delas. Esse contato com as famílias me deixa muito feliz porque vemos nos olhos das crianças, das mães especialmente, que dizem como o benefício chegou em boa hora. Muitas vezes, essas mulheres não têm o que dá de comer para seus filhos e esse auxílio vai proporcionar isso”, salienta.

De acordo com o titular da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), Josbertini Clementino, o auxílio é maior que o dinheiro destinado para as famílias. “Esta ação é sobretudo para contemplar crianças em situação de extrema pobreza, que vivem em condições precárias, sem saneamento básico e, que necessitam desse auxílio para que se desenvolvam plenamente. Vamos beneficiar estas famílias não apenas com o valor monetário, mas com o acompanhamento de profissionais do Mais Infância Ceará, da saúde e de uma rede de assistência social, que priorizará a saúde dos nossos pequenos, e o desenvolvimento psicossocial de cada um deles”, ressaltou.

O secretário de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, da Prefeitura Municipal de Fortaleza, Elpidio Nogueira, parabenizou o trabalho da primeira-dama do Ceará. “O Estado do Ceará está de parabéns de ter uma primeira-dama tão comprometida com o desenvolvimento das nossas crianças. Este é um trabalho árduo, através desta ação estamos plantando um futuro com maiores possibilidades para estes pequenos, que, daqui há 15 anos serão a prova viva deste investimento que fazemos agora”, expôs.

Dentre as mães presentes na solenidade de apresentação do Cartão Mais Infância em Fortaleza, a dona de casa Elisiane Silva disse como o benefício vai ajudar a família. “Eu e meu esposo estamos desempregados, com um filho pequeno para criar e, esse auxílio veio para complementar nossa renda. As vezes ele pede um fruta e nós não temos para dar, isso me aperta o peito, mas sei que agora poderemos oferecer uma alimentação mais saudável para o nosso pequeno”, explicou.

Acompanhado da mãe e do filho, Diana Rocha celebrou mais esta ação para o pequeno Erick, “Eu cuido do meu filho sozinha, e sei o quanto é difícil, principalmente porque ele ainda não tem idade para ir á creche. Minha mãe ajuda, mas ainda assim não é fácil e, sei que com este apoio do Cartão Mais Infância poderemos investir na saúde e educação dele”, completou Diana Rocha, também presente no evento.

Sobre o Cartão Mais Infância

Até julho de 2018, cerca de 60 mil famílias cearenses em situação de extrema pobreza serão contempladas com auxílio mensal de R$ 85 do Governo do Ceará. Além disso, elas também serão acompanhadas por equipes de saúde e da assistência social, sendo priorizadas nas políticas públicas nas áreas de habitação, segurança alimentar, saúde, educação e inclusão produtiva. A expansão do benefício se dará através de busca ativa de profissionais do Programa Mais Infância Ceará.

O benefício ocorrerá para núcleos familiares cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses que se enquadrem na situação de alta vulnerabilidade social: residentes de zona rural, em propriedades sem banheiro ou sanitário, de estrutura inapropriada (taipa, palha, madeira aproveitada ou outro material), além de residências urbanas sem água canalizada em, pelo menos, um cômodo. Para conceder o Cartão Mais Infância, a família deve está escrita no Cadastro Único Para Programas Sociais (CadÚnico).

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Ceará enviará uma correspondência para o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de cada município cearense, que localizará as famílias. Após identificados, os beneficiários deverão, munidos de um documento com foto e o CPF, deslocar-se até uma agência do Banco do Brasil (responsável pela confecção do cartão) mais próxima para sacar o benefício.

Agenda

Nesta quinta (21) e sexta-feira (22), a primeira-dama Onélia continua a agenda de reuniões e participa de encontros com outras famílias de Fortaleza.

Serviço

Reuniões com as famílias beneficiadas com o Cartão Mais Infância em Fortaleza

Dia 21/12
Horário: às 10 horas
Local: Escola Profissional Jaime Alencar – Av Rogaciano leite, 2283 – Luciano Cavalcante

Dia 22/12
Horário: às 10 horas
Local: Escola Paulo Petrola – Rua Saudaria – Barra do Ceará/Goiabeiras